Violência Doméstica: Maioria das vítimas são jovens, negras de baixa renda e sem escolaridade


A violência doméstica infelizmente é um dos crimes que atinge milhares de pessoas em todo o mundo. No Brasil mesmo depois de sancionada a Lei 11. 340 Maria da Penha, em agosto de 2006, cujo objetivo é punir e erradicar rigorosamente os agressores, coibindo de todas as formas de discriminação contra as mulheres, mesmo assim, esse tipo de crime ainda perpetua.

Em Marabá, sudeste do Pará, a Central do Disque Denúncia por meio do DD Mulher traçou o perfil dos agressores nos casos de crimes de violência contra mulher, onde foi constatado que a maioria das vítimas, trata-se de mulheres jovens e negras de baixa renda e que mal possuem ensino fundamental completo.

74,09% dos crimes são praticados na própria residência da vítima, 97,27% da violência vêm do Próprio companheiro, 56,36% das vítimas têm filhos que também são agredidos.

81,81% das vítimas sofrem Violência Física, 51,81 Violência Verbal, 11,36 Cárcere, 31,36% Ameaças, 3,18% Violência Sexual. Além de praticar o ato, 51,81% dos agressores consomem algum tipo de bebida alcoólica ou faz uso de drogas, 35,45% dos crimes acontecem no período noturno, 57,27% dos agressores não se importam em praticá-los na presença de outras pessoas.

A maioria das agressões são por socos, empurrões, chutes, estrangulamentos, arma branca ou arma de fogo.

Como Denunciar

A Coordenadora da Central em Marabá, Hellen Araujo, pede a ajuda da população que continue denunciando, através do Disque Denúncia Sudeste do Pará (94) 3312-3350, (94) 3346-2250 (Parauapebas – PA), ou pelo aplicativo Whatsapp (94) 98198-3350.

“A violência doméstica, é, sobretudo, um problema intrafamiliar, como um agravante de saúde pública, uma vez, que se gasta dinheiro público em tratamento dessas vítimas da violência, é um crime que atinge os aspectos físicos, emocionais e sexuais da mulher, tornando feridas difíceis de serem cicatrizadas, nos ajude a ajudar você, denuncie”, finalizou, Hellen.

Diga não à violência contra Mulher, Denuncie Anonimato Garantido!

Disque Denúncia Sudeste do Pará
(94) 3312-3350/ (94) 3346-2250
Whatsapp: (94) 98198-3350

ASCOM/Disque Denúncia Sudeste do Pará

COMENTAR COM FACEBOOK