Dilma Rousseff é vaiada na abertura dos Jogos Mundiais indígenas no TO

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

A presidente Dima Rousseff foi vaiada, mais uma vez, na abertura da primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, na noite desta sexta-feira (23), em Palmas (TO).

As vaias surgiram com a chegada da presidente à arena da abertura. Em seguida, outro grupo puxou um coro de apoio a Dilma “Olê olê olê olá, Dilma, Dilma”, mas foi seguido de nova onda de vaias.

Antes mesmo da presença da presidente, houve vaias do público em resposta a um grito “Dilma! Dilma”, iniciado por parte da plateia.

Um dos lideres indígenas, Marcos Terena, ao lado de Dilma, pediu o fim das vaias. “Aqui não é comício, índio não tem costume de vaiar. Nós respeitamos as autoridades”.

Além de etnias do Brasil, povos de outros 23 países foram convidados para o evento, que reúne competições entre os grupos indígenas, apresentações culturais e debates.

Na arquibancada, havia faixas pedindo a demarcação de terras indígenas e manifestos contrários à PEC 215, que transfere para o Congresso a atribuição de oficializar a demarcação das terras indígenas.

Deixe uma resposta

+ Sobre