Dilma Rousseff é vaiada na abertura dos Jogos Mundiais indígenas no TO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

A presidente Dima Rousseff foi vaiada, mais uma vez, na abertura da primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, na noite desta sexta-feira (23), em Palmas (TO).

As vaias surgiram com a chegada da presidente à arena da abertura. Em seguida, outro grupo puxou um coro de apoio a Dilma “Olê olê olê olá, Dilma, Dilma”, mas foi seguido de nova onda de vaias.

Antes mesmo da presença da presidente, houve vaias do público em resposta a um grito “Dilma! Dilma”, iniciado por parte da plateia.

Um dos lideres indígenas, Marcos Terena, ao lado de Dilma, pediu o fim das vaias. “Aqui não é comício, índio não tem costume de vaiar. Nós respeitamos as autoridades”.

Além de etnias do Brasil, povos de outros 23 países foram convidados para o evento, que reúne competições entre os grupos indígenas, apresentações culturais e debates.

Na arquibancada, havia faixas pedindo a demarcação de terras indígenas e manifestos contrários à PEC 215, que transfere para o Congresso a atribuição de oficializar a demarcação das terras indígenas.



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas