Apelo: Rio Itacaiúnas pede Socorro!

A expedição da Casa da Cultura composta por: Noé Von Atzingen, Bruno Scherer e Gabriel ao alto Itacaiúnas constatou fatos alarmantes e extremamente preocupantes.
O Rio Itacaiúnas está Seco! Em alguns lugares completamente cortado, sem um único fio de água correndo!
Estivemos pesquisando o alto Itacaiúnas no município de Água Azul do Norte onde terminam as áreas de fazendas com pastagens e inicia-se a Floresta Nacional de Carajás. Como nossa canoa não pode navegar no rio seco, tivemos que percorrer a pé por cerca de 10 km. Nesta região o Rio quase estreito tem em média 50m de largura! E mesmo assim está seco, apresenta apenas de longe alguns poços: locais mais fundos com água totalmente parado e repleto de algas verdes e pouquíssimos peixes!

Nas margens da área percorrida deveriam ter seis pequenos afluentes e nenhum deles tinha uma gota de água! Logo concluímos que o desmatamento matou estas nascentes, grotas e igarapés, e consequentemente não levam mais água para o Rio. O resultado é óbvio, o Rio está morrendo! O desmatamento provoca também o assoreamento e está tudo associado a diminuição das chuvas regionais e o afluente expressivo da temperatura tem contribuído para esta situação chegando ao ponto do irreversível!
Como não há mais água superficial na região, os poucos animais silvestres que restam, ficam percorrendo pelo “leito” do rio em busca de água e são abatidos impiedosamente pelos caçadores de plantão.

Por: Noé Von Atzingen

 

 

Veja todas as imagens na Fanpage da Casa da Cultura de Marabá.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta