Na noite desta quarta-feira (09) uma equipe da Guarda Municipal de Marabá (GMM) foi acionada para dar apoio a uma operação da Polícia Federal no combate ao tráfico de drogas em Marabá. Aproximadamente 15 quilos de uma substância semelhante à maconha foi apreendida em uma oficina mecânica no Bairro de Nova Marabá.

O produto estava embalado em tabletes de aproximadamente um quilo cada e escondido no forro de uma caminhonete S10 executive. Foi preciso o uso do cão farejador da Guarda Municipal para localizar a droga. O motorista do veículo foi preso e todo material apreendido e encaminhado para perícia no Instituto Médico Legal.

De acordo com Roberto Lemos, superintendente geral da Guarda Municipal, a PF chegou até ao local a partir de uma denúncia anônima e pediu o apoio da Guarda para a localização da droga. Quatro agentes foram destacados para a operação. O cão farejador da raça pastor malinóis foi essencial na localização exata do entorpecente.

Hoje a Guarda Municipal utiliza dois cães, sendo um de faro e outro de segurança, que são utilizados em ações no combate ao tráfico de drogas. O cão Ziah, nome do cão farejador, já está na GMM há quatro anos e meio, e pode ter uma vida ativa em ações até oito anos.

De acordo com o GM Lourenço, responsável pelo canil, os cães são importantes nas ações da Guarda e de outras instituições parceiras que solicitam este tipo de serviço. Segundo ele um cão farejador pode chegar até R$ 20,000,00 (vinte mil reais) para sua aquisição. Ele comenta que confia na eficiência de Ziah e que as ações em que ele foi utilizado sempre resultou em excelentes resultados.