Mulher é a principal suspeita de atear fogo no cadáver do marido na zona rural de Canaã

O crime aconteceu próximo a agrovila Nova Jerusalém
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

A senhora conhecida como Jaqueline Silva é a principal suspeita de ter assassinado e ateado fogo no corpo do companheiro Antônio Lindomar Silva Moreira, o Cowboy, de 40 anos. Os restos mortais do caseiro foram encontrados em uma chácara na área de acesso as cachoeiras, aproximadamente 06 km de distância da Agrovila Jerusalém, no sábado(14).

A Polícia Civil esteve no local solicitada por homens da Polícia Militar. Investigadores acreditam que Antônio Lindomar foi morto e queimado ainda na madrugada de sábado (14), mas somente pela manhã os restos mortais dele foram avistados pelo proprietário da chácara, Marcos Aurélio.

Jaqueline, esposa dele e principal suspeita da atrocidade, foi avistada pela última vez correndo em meio a uma vicinal próxima ao local. Nos braços, ela levava um bebê de colo, filho dela com a vítima.

A polícia está à procura da mulher, mas até agora ela não foi encontrada para contar sua versão do fato.

O caso

Caseiro é assassinado e seu corpo carbonizado em Canaã dos Carajás

Com informação do PapoCarajás

  Em Canaã, criminosos arrombam casa e roubam fardo de arroz



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas