O que é consciência Negra?

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Vou começar com um exemplo simples.

A mãe diz pro filho que não sai do chuveiro: “sai daí, desliga isso! Você não tem consciência? Não pensa no dinheiro do seu pai? E você acha que dinheiro dá em árvore?

Entendeu?

Não?

Compreendo. Foi muito básico. Então vamos a este: a mesma mãe, o mesmo menino no banho: “desliga logo, você não sabe que tá desperdiçando água? Você acha que tem água assim, pra jogar fora? Você não tem consciência disso?

Hummm. Não? Não vê a relação?

Bom, vamos ver assim. A criança pergunta pra professora: por que existe esse negócio de dia da Pátria?
E ela responde: “para lembrarmos que somos todos brasileiros e que temos um passado, uma história, uma herança comum. Nosso lugar no mundo é aqui e a consciência disso ajuda a respeitar nossa terra e também a terra dos outros que, no fundo, é uma terra só, não é?

Agora sim! Viu como é fácil?

Não?

Vou tentar mais uma vez.

Aniversário da bisavó, a família se reúne, todos: primos nunca vistos, parentes por afinidades, tias com maridos novos, um zum zum zum de conversas disparatadas e olhares persistentes pro estacionamento. Mas aí vem a bisa, 99 anos, o olhar ainda firme mas as perninhas fracas, o andar claudicante. E ela se posta em frente ao bolo, olha para todos, aquele olhar longo que vai se marejando, vertendo lágrimas que escorrem pelos caminhos da face. E ela diz: “vocês são as minhas melhores lembranças”. E a consciência dessa verdade profunda provoca um calor que se espalha, denso, terno, cálido, pela longa e divertida noite.

Acho que deu, não?

Olha o que diz o dicionário:

Consciência: “sentimento ou conhecimento que permite ao ser humano vivenciar, experimentar ou compreender aspectos ou a totalidade de seu mundo interior.” Ou ainda: “sentido ou percepção que o ser humano possui do que é moralmente certo ou errado em atos e motivos individuais.”

Muito bem. Se você concorda que se pode usar a palavra consciência quando a mãe apela ao filho para que ele cuide dos gastos da casa porque interessa a toda família; se você concorda que se pode usar a palavra consciência quando essa mesma mãe lembra ao filho que os recursos do mundo não são infinitos e que todos precisamos fazer a nossa parte; se você concorda que se pode usar a palavra consciência quando falamos das datas cívicas, como marcos de referencia de nosso país, nação, pátria, lugar real e simbólico de vivencia e memória, patrimônio coletivo que precisa ser preservado e perpetuado; se você concorda que se pode usar a palavra consciência quando se fala em família, filiação, recordações de amor e amizade, histórias comuns e alegrias compartilhadas.

Então. Os negros lembram, no dia 20 de novembro que são tudo isso e parte disso tudo: filhos, mães, professores, profissionais, políticos, artistas, cidadãos. São tudo isso e parte disso há séculos, com sangue, suor e lágrimas, com arte e determinação, com talento e profissionalismo, com paciência e destemor.

Eu tenho consciência disso. Ajudaram-me a ter consciência disso. Levou tempo para eu ter consciência disso. Hoje tenho plena consciência disso e acho óbvio, como deveria ser.

O dia da consciência negra é para quem pergunta “para que serve o dia da consciência negra”.

É para você?

Redação do Portal – Fonte: Estadão

*Daniel Medeiros é Doutor em Educação Histórica pela UFPR e professor de História do Brasil no curso Positivo



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas