CONTINUAÇÃO: PF prendeu duas pessoas, explosivos e fechou garimpo em Canaã

As investigações seguem em andamento.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Como divulgado com exclusividade pelo Portal Canaã, no último domingo(8), a Polícia Federal esteve presente em Canaã dos Carajás investigando a prática ilegal de garimpos na zona rural, assim como em operação com objetivo de combater incêndios criminosos, que atingiram o Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, área de proteção ambiental que envolve, também, o município de Parauapebas.

Como noticiamos, locais foram fechados e pessoas, máquinas e equipamentos foram apreendidos. A PF prendeu dois homens (um deles da Bom Jesus) por mineração ilegal e utilização de produtos controlados de forma ilegal. Com eles, as autoridades apreenderam explosivos. Segundo informações obtidas pelo Portal, drogas também foram encontradas pelos policiais.

Os dois indivíduos flagrados na extração de minério, bem como o material de elevado risco apreendido foram encaminhados a Polícia Federal. Caso confirmada a hipótese criminal, os presos responderão pelos crimes de extração ilegal de minério (Lei de Crimes Ambientais), explorar matéria prima pertencente à União (Lei dos Crimes contra a Ordem Econômica) e portar material explosivo (estatuto do Desarmamento).

A ação contou com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e a Polícia Militar do Pará (PMPA) e o ICMBio.

Segundo a PF, a atividade de mineração ilegal foi constatada na última quinta-feira(05) no Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, no município de Canaã dos Carajás. Além da presença de mineração em várias minas, havia a existência de explosivos no local, estando alguns prontos para uso.

  Komatsu abre as portas a alunos do Centro Universitário FMU

Queimadas no Parque

A Polícia Federal do Pará divulgou na manhã desta terça-feira (10) o resultado da ‘Operação Parna’ deflagrada na última sexta-feira (6) que teve como objetivo combater incêndios criminosos os quais atingiram área de proteção ambiental do Parque Nacional dos Campos Ferruginosos.

De acordo com a PF, os crimes estariam sendo cometidos no Parque Nacional, unidade de conservação de proteção integral localizado entre as cidades paraenses de Canaã dos Carajás e Parauapebas. O local é um abrigo natural de várias espécies, incluindo espécies em risco de extinção e espécies que ocorrem unicamente nesta área do planeta.

Ainda segundo a PF, foram realizadas entrevistas no local, qualificação de indivíduos, capturadas imagens do local e dos danos causados, e coletadas informações cruciais para o andamento do Inquérito, que tem como objetivo a apuração das circunstâncias, da materialidade e da autoria das infrações penais detectadas.



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas