Insegurança: Usuário denuncia onda de assaltos e tentativas de sequestro de crianças no Bosque Gonzaguinha

Praticar exercícios físicos tem se tornado uma missão ao estilo “um olho no peixe e outro no gato”  para quem prefere se exercitar ao som de uma boa música ou para aqueles que não abrem mão do uso de acessórios pessoais, joias e celulares.

Conhecido por se tratar de um ambiente agradável aos usuários que buscam contato com a natureza e adquirir mais qualidade de vida, o Bosque Luiz Gonzaga França Pinheiro (Bosque Gonzaguinha) em Canaã dos Carajás tem se tornado alvo de reclamações.

Sem um patrulhamento ostensivo, a população que vai até da área localizada no Parque dos Ipês, têm se tornado refém da criminalidade, o número de assalto só cresce a cada dia.

Além de proporcionar uma academia ao livre, a “Matinha”, como é conhecida entre os canaenses, também é bastante frequentada por famílias que aproveitam os fins de tarde para passear e levar os filhos para se divertir no playground, todavia, no último fim de semana, Dionathas Moreira usou seu perfil em uma rede social para denunciar a insegurança na localidade. “Pessoal que gosta de dar um passeio no Bosque aqui em Canaã tenham muito cuidado, os assaltantes estão aproveitando desse nosso momento de lazer e tocando o terror no local. Só essa semana foram vários casos de assaltos”, desabafou.

A denúncia não para por aí, Dionathas disse ainda que na área estão ocorrendo tentativas de sequestros de crianças. Uma das vítimas foi sua própria filha. “Tem alguns delinquentes que roubam crianças. Minha mulher quase foi vítima, por Deus não levaram minha filha”, afirmou.

Diante da situação, o canaense clama por mais segurança. “Esse não é o primeiro caso. Canaã está a mercê desses psicopatas. Nós não devemos ficar reféns dessa violência toda”, concluiu.

Procurado, o delegado plantonista, Jorge Carneiro, não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Receba as notícias do Portal Canaã

Siga nosso perfil no Google News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *