Canaã prepara atualização do plano de gestão dos resíduos com apoio da UFPA

Imagem: Diego Barbosa

O município de Canaã dos Carajás dispõe de serviços para coletar, tratar e descartar resíduos sólidos, buscando reduzir os impactos ao meio ambiente. A Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás é responsável por gerir os rejeitos domiciliares, comerciais, hospitalares, agropecuários, das vias públicas e da construção civil. Para garantir a melhoria contínua dessas ações, a prefeitura firmou parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA) para atualizar o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), criado em 2014.

O plano norteará as políticas públicas de gestão de resíduos, abrangendo a coleta, tratamento, destinação e disposição final, alinhando-se às práticas ambientais de excelência consoante a Lei Federal nº 12.305, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Marco Legal do Saneamento, que entrou em vigor em 2020, buscando promover a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental.

Com o crescimento demográfico canaense, a geração de resíduos aumentou exponencialmente. E o município busca as melhores práticas ambientais para criar soluções assertivas. De forma integrada e colaborativa, o documento em produção visa estabelecer diálogo e responsabilidades entre o poder público, empresas, cooperativas, catadores e a sociedade civil, para fortalecer a economia e melhorar a qualidade do meio ambiente.

Canaã ganhará Aterro Sanitário

Com 3,5 hectares de extensão, o Aterro Controlado Municipal processa diariamente de 80 a 100 toneladas de resíduos. A construção do aterro controlado foi um avanço em relação ao antigo lixão. Com ele, problemas como queima de resíduos e presença de urubus foram resolvidos, bem como o impacto visual e o mau cheiro foram significativamente reduzidos.

Hoje, o município trabalha para avançar ainda mais nesse serviço. Com o plano municipal de gestão de resíduos, será possível identificar a área com as condições necessárias para a construção do aterro sanitário de Canaã dos Carajás. Até o momento, apenas três municípios possuem aterro sanitário em todo o Estado do Pará. E Canaã se prepara para trazer as melhores tecnologias disponíveis no mercado que possam ser aplicadas na Terra Prometida.

Serviços públicos canaenses reduzem impactos ambientais 

Por meio da secretaria de Obras, Canaã conta com mais de 280 profissionais dedicados à conservação das vias na zona urbana e rural do município. O efetivo da limpeza possui equipes de varrição diurna e noturna, controle de aterro e grupos para coleta de lixo domiciliar, resíduos de saúde, galhos, capina mecanizada e de limpeza geral. A coleta de lixo acontece três vezes por semana na zona urbana e 2 vezes na zona rural. Os resíduos sépticos hospitalares também são recolhidos por empresa contratada.

E o município estimula a prática da coleta seletiva por meio de convênios que apoiam a responsabilidade socioambiental. Atualmente, a Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Canaã dos Carajás (Coolettar) realiza a gestão de 60 toneladas de resíduos por mês, cobrindo nove bairros de Canaã dos Carajás. A organização presta serviço à prefeitura e gera renda para as 17 famílias cooperadas, além de beneficiar indiretamente, cerca de 80 catadores.

Disponível para Android ou na AppleStore, o aplicativo Conecta Canaã permite que cidadãos realizem denúncias de acúmulo de resíduos em lotes, ruas e avenidas, crimes ambientais, descarte ilegais de rejeitos, queimadas, entre outros. O morador de Canaã também pode dar sugestões relacionadas ao trabalho dos agentes de limpeza e coleta urbana. Ao receber chamado, as secretarias responsáveis pelo caso são informadas e conduzem diligências para apurar e sanar o problema.

Texto: Vinícius de Paula

Receba as notícias do Portal Canaã

Siga nosso perfil no Google News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *