Prefeitura de Xinguara deverá lançar edital de concurso público para nível Fundamental, Médio e Superior


O Prefeitura de Xinguara prossegue com os preparativos para o concurso público. A Prefeitura publicou nesta terça-feira (19), no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Pará, o aviso de licitação para a contratação de empresa que será responsável pela realização do concurso público.

O objetivo da prefeitura é contratação de empresa especializada para elaboração de provas, provas e títulos, e provas práticas, bem como diagramação, impressão (provas e cartõesresposta), correção e consolidação dos dados, para a realização de seleção pública e serviços correlatos, para provimentos dos cargos municipais de nível Fundamental, Médio e Superior.

Evolução do Município

Xinguara, (denominada no inicio entroncamento do Xingu) está situada no entroncamento das PA 150 e 279. Seu nome é oriundo de dois rios Xingu e Araguaia, com inicio de povoação em 1973, recebeu gente de todas as regiões do país a procura de terras férteis, para desenvolver agricultura e pecuária, Cultivo de arroz, milho, feijão, melancia, coco, mamão e banana. Pecuária (bovinos e suínos).

Teve a sua emancipação político administrativa em 13 de Maio de 1982. Separando-se de Conceição de Araguaia.Com área de 3.779 km2; e densidade demográfica 9,2hab/km2. 40.600 habitantes conforme ultimo sensos. Banhado pelos rios Araguaia e Vermelho e acidentado pela serra da Viagem ou do Caucho (540 m de alt.).

A  floresta equatorial latifoliada, floresta mista e cerrado. Pecuária. Nos últimos seis anos Xinguara retomou a vocação de cidade pólo e vem se destacando pelos inúmeros avanços na economia regional e na infra-estrutura, isso é demonstrado através da pecuária de corte com cerca de 500 mil cabeças de boi, tendo representatividade importante na segunda maior bacia leiteira do país, não ha nenhum caso de aftosa nos últimos 10 anos, o que rendeu o certificado de zona livre para comercialização em todo o território Brasileiro e outros países.

A exportação do boi em pé, é um marco no crescimento da nossa região, atraindo o mercado internacional como o Irã entre outros, conta com dois frigoríficos em pleno funcionamento produz e exporta 08 mil toneladas de carne por mês, e um curtume que exporta 60% de sua produção para países da Europa e Ásia.

 

COMENTAR COM FACEBOOK