Acusado de matar homem com faca em Canaã era amigo de infância; entenda o caso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Silvia Lopes

O trabalhador braçal, Jean Carlos da Silva Oliveira de 38 anos, acusado de assassinar Gerson Borges Correia, 39, foi autuado em flagrante pelo delegado Fernando Oliveira, pelo crime de homicídio cometido por motivo fútil, que é quando se manifesta desproporção entre o motivo e o resultado morte.

A denúncia será apresentada ao Ministério Público de Canaã dos Carajás. Ao receber alta médica, o que deve ocorrer já na próxima semana, Jean será encaminhado ao presídio. Ele permanece internado no Hospital Municipal Daniel Gonçalves onde passou por cirurgia na tarde desta segunda-feira, 27, e está fora de perigo.

Jean é acusado de assassinar Gerson a sangue frio, os dois eram amigos de infância. O crime ocorreu por volta das 14h de ontem na residência da companheira da vítima [veja aqui], no Bairro Santa Vitória em Canaã dos Carajás. Os dois são naturais do município de Rio Maria e estavam acerca de quinze dias na cidade onde, juntos, haviam realizado um trabalho em uma fazenda.

Segundo um morador, os dois bebiam juntos desde domingo e se desentenderam por dinheiro. Durante a discussão, Gerson armou-se com uma faca e desferiu dois golpes contra Jean que conseguiu desarmá-lo e esfaqueá-lo em seguida. Gerson teve três perfurações na região do abdome e morreu antes da chegada dos paramédicos.
Jean fugiu do local, mas também estava ferido e procurou ajuda médica. O crime chocou os familiares de ambas as partes que disseram ainda não acreditar no ocorrido, tendo em vista com os dois cresceram juntos.

O corpo de Gerson foi encaminhado para a sua cidade natal. Jean permanece internado sob a supervisão de um agente penitenciário.

Deixe uma resposta

+ Sobre