Hydro prepara obras para substituir 41 quilômetros de mineroduto e deve gerar 700 empregos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Hydro/Halvor Molland

A Mineração Paragominas iniciou a fase de mobilização para execução das obras de substituição de dois trechos do mineroduto. As duas frentes de obras ocorrem paralelamente, sendo uma de 30 quilômetros, no município de Tomé-Açu, e outra de 11 quilômetros, no município de Ipixuna do Pará, totalizando 41 quilômetros que serão substituídos. Este trabalho é a sequência da manutenção preventiva realizada entre 2018 e 2020.

O mineroduto bombeia a bauxita extraída e beneficiada na unidade de Paragominas, seguindo por 244 quilômetros, passando por sete municípios, até a refinaria Alunorte, em Barcarena.

A obra tem prazo previsto de execução de oito meses, com desmobilização final até janeiro de 2021 e contará com cerca de 700 profissionais. A mão de obra será prioritariamente local, bem como a contratação de serviços e materiais de empresas da região, movimentando a economia e renda nos municípios mais próximos do empreendimento. As contratações dos profissionais ocorrem com apoio das secretarias municipais de ação social.

Além da geração de empregos e movimentação da economia local, a obra trará melhorias em infraestrutura, sobretudo em pontes e estradas de acesso às áreas que receberão as obras de substituição de trechos do mineroduto.

A definição do cronograma da obra levou em consideração padrões internacionais de segurança e o chamado “período seco” da região amazônica, o que permite maior agilidade e segurança na execução das etapas. As obras de manutenção e substituição de trechos do mineroduto são periódicas e previamente definidas para garantir a segurança das operações e das pessoas, assim como a preservação do meio ambiente.

Deixe uma resposta

+ Sobre

Coronavírus

Ultimas notícias