Em Belém, Secretariasseparam o lixo e dão exemplo de cuidado com o meio ambiente – Portal Canaã

Em Belém, Secretariasseparam o lixo e dão exemplo de cuidado com o meio ambiente

Foto: Jarrylle Araújo / Reprodução

O período de chuvas intensas traz sempre problemas para a maioria das cidades, como bueiros entupidos, ruas alagadas, intensificação da proliferação de doenças e, em alguns casos, enchentes. Situações que demonstram a importância do descarte adequado do lixo.

Na capital paraense, a Prefeitura de Belém, por meio das secretarias municipais, promove uma série de ações de conscientização e combate ao descarte irregular de lixo e entulho com mutirões de coleta, distribuindo equipes de limpeza nos bairros e instalando contêineres coletores. Mas além dessas iniciativas rotineiras, servidores municipais têm realizado um trabalho eficiente de conscientização, mostrando que coleta seletiva tem que ser feita por todos.

Na sede da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel) foi implantado um sistema de captação de resíduos para serem encaminhados à reciclagem. Caixas coletoras estão disponíveis nos ambientes da secretaria para que não só funcionários, mas visitantes possam fazer o descarte correto do lixo.

“Sabemos do problema que é o lixo em nossa cidade, o esforço diário da Prefeitura para manter a Cidade Limpa, e por meio da coleta seletiva podemos reaproveitar materiais, gerar economia aos cofres públicos e, mais ainda, ajudar cooperativas de catadores a ganhar sua subsistência trabalhando de forma digna e organizada”, explica o titular da Sejel, Wilson Neto.

Saber reciclar – Saber preservar o meio ambiente com ações simples, mas eficazes, como a coleta seletiva de lixo, é extremamente importante à sociedade. E para essa destinação ser feita corretamente, o primeiro passo é reduzir o lixo e reaproveitar o máximo.

Atitudes assim geram renda para centenas de pessoas, e uma grande vantagem para o meio ambiente. Esse é o processo de trabalho de entidades como a Cooperativa de Catadores da Terra Firme (Concaves), que realiza ações em parceria com a Prefeitura de Belém, recolhendo materiais dos bairros como Nazaré, Umarizal, Reduto e São Brás. Uma das ações inclui a coleta dos materiais nas secretarias municipais.

“Costumo dizer que esta iniciativa dentro do próprio órgão público é um dos maiores incentivos, porque essa conscientização faz com que as pessoas sejam incentivadas também. Isso é muito importante, porque vai gerando outras demandas, o que aumenta nosso material e as pessoas ainda criam essa consciência ambiental”, avalia Débora Baía, presidente da Concaves.

Outro local que o engajamento com a reciclagem ganha força a cada dia é na Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), que desde o mês de janeiro disponibilizou caixas em todos os departamentos para que os servidores depositem papéis que não têm mais uso institucional, além do incentivo para entrega voluntária de plástico, vidro e alumínio reutilizáveis, que são coletados uma vez por semana por uma cooperativa.

Para a titular da Seurb, Anette Klautau, a iniciativa é um compromisso com o meio ambiente e fomento às boas práticas de tratamento e destinação adequada do lixo. “Nós já fazíamos a doação de papel para as cooperativas, mas agora estamos investindo em algo muito mais amplo, visto que o lixo sem tratamento causa danos irreparáveis ao ambiente e à saúde das pessoas. A coleta seletiva é uma realidade e depende de uma ação conjunta de poder público, entidades privadas e a população em geral”, garante.

Em breve, a secretaria também terá um coletor para pilhas e baterias, que integram o projeto “Seurb Sustentável”. A secretária destaca que atitudes que trazem ainda mais resultado que a reciclagem é a mudança de hábitos, com o fomento do uso do sistema on-line para gerenciamento de documentos e uso de canecas e copos duráveis, substituindo os descartáveis.

“Pretendemos fazer palestras sobre processamento de materiais recicláveis e tratamento de resíduos orgânicos para os servidores, além de incentivar a divulgação interna dos ecopontos que estão disponibilizados pela Prefeitura nos bairros”, explica Anette, enfatizando as medidas que otimizam gastos para a gestão municipal e ainda multiplica o engajamento na causa”.

Na Seurb, os servidores terão contanto com as temáticas do tratamento do lixo, compostagem, aterro sanitário para compreenderem a necessidade da reciclagem. “Com a coleta seletiva, conseguimos reduzir o volume de lixo a ser depositado no aterro sanitário, retirando dos resíduos aqueles que são potencialmente recicláveis, como papel, papelão, plástico, vidro, etc.”, destaca a idealizadora do projeto de conscientização na secretaria, Risoleide Almeida, diretora administrativa.

Com a implantação do projeto, a Seurb conseguiu reduzir, em média, o uso de 93 mil folhas de papel, no período de janeiro de 2017 a janeiro de 2018, com o uso de plataformas digitais. “Nossas metas são coletar 90% do papel descartado na secretaria, reduzir 80% o uso de copos descartáveis e eliminar em todos os processos possíveis, a geração de memorandos e anexos impressos nas solicitações internas”, afirma Rosilene, frisando que a implantação do tema dentro do serviço público é um exercício de cidadania. “Muitos sabem da importância da reciclagem, mas poucos a conhecem a fundo e separam o lixo. Praticar isso no trabalho, onde passamos a maior parte do dia, torna a reciclagem um hábito”, garante a servidora.

E tão importante quanto separar itens para a reciclagem, é saber o que não se pode reciclar e, portanto, não deve ser misturado na coleta seletiva. Entre itens que não são recicláveis, para facilitar esta separação de materiais, estão adesivos; etiquetas; fita crepe; papel toalha; papel higiênico; papéis e guardanapos com gordura; papéis metalizados, parafinados ou plastificados; clipes; grampos; esponjas de aço; latas de tintas, de combustível e pilhas; tomadas; isopor; teclados de computador; acrílicos; espelhos; ampolas de medicamentos; cerâmicas e louças, lâmpadas e vidros temperados planos.

Texto: Karla Pereira / Prefeitura de Belém
COMENTAR VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.