Mineradora Hydro abre inscrições ao programa Embarca Amazônia em sete municípios

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Realizado pela Hydro e implementado pelo Centro de Empreendedorismo da Amazônia, o programa Embarca Amazônia está com inscrições abertas às ações de educação empreendedora destinadas aos jovens, entre 18 e 29 anos. Na edição deste ano, o programa atuará em sete municípios paraenses: Barcarena, Abaetetuba, Moju, Acará, Tomé-Açu, Paragominas e Ipixuna do Pará. Para participar, os interessados devem ter concluído ou estar cursando o ensino médio, técnico ou superior, além de disponibilidade de tempo e compromisso em participar dos encontros (cursos, oficinas e eventos). 

O Embarca Amazônia é um programa de empreendedorismo para jovens que querem aprender a criar negócios sustentáveis que valorizam a Amazônia e todas as suas riquezas. O projeto é uma realização da Hydro e do Centro de Empreendedorismo da Amazônia com apoio das Prefeituras Municipais, Redes-ODS Barcarena, Secretarias Municipais de Indústria, Comércio, Turismo, Agricultura Meio Ambiente, Cultura, Esporte e Lazer, Universidade do Estado do Pará (UEPA), Grupo Educacional IEPAM e Cruzeiro do Sul Virtual – Educação à distância. A participação é gratuita, com atividades ao longo de um ano. Todas as medidas de prevenção e combate ao coronavírus, orientadas pelas autoridades locais, serão seguidas nas fases do programa.

A primeira fase “Despertar” é uma oficina imersiva para até 150 pessoas com dinâmicas sobre os desafios e as oportunidades de empreender na Amazônia, com até 15 horas de duração. Os participantes que mais se destacarem seguem para a segunda fase de “Ideação” dos modelos de negócios. Nesta etapa, com 15 a 30 jovens de cada município, serão formadas equipes para discussão sobre as cadeias produtivas da região e criação de um modelo de negócio com protótipo. A terceira fase “Summit” será um evento de apresentação do negócio para um público formado por representantes do ecossistema de empreendedorismo e inovação da região. Eles poderão contribuir com as sugestões e a implantação do negócio. Após o Summit, acontece a fase de Pré-Aceleração, quando as equipes recebem consultorias de especialistas que irão ajudar a prepará-las para tirar suas ideias do papel; e por fim são realizados os Meetups, encontros que permitirão aos participantes se conectarem a uma rede de empreendedorismo e inovação em seu município.

Segundo Domingos Campos, diretor de Sustentabilidade da Hydro, o Embarca Amazônia é uma das iniciativas da Companhia para promover o impacto social positivo na sua região de atuação, fomentando e fortalecendo o empreendedorismo entre os jovens das comunidades locais, em várias etapas de qualificação. “Acreditamos que as nossas atividades devem fazer a diferença para as pessoas, o meio ambiente e os negócios. A expectativa é que o programa facilite a imersão desses jovens nas dimensões social, econômica, ambiental, institucional/legal e étnico-cultural da Amazônia, a partir das cadeias produtivas da floresta, biodiversidade, agricultura sustentável e economia criativa”, afirma.

Amanda Pinheiro, jovem de Barcarena, participou da edição 2019/2020 do Embarca Amazônia. Para ela, a experiência no programa permitiu que criasse uma nova visão de mundo. “Hoje, me vejo como alguém que pensa muito mais em ter o seu próprio negócio e gerar oportunidades de emprego e renda. O programa me possibilitou criar conexões que nunca imaginei, ser reconhecida no meu município e me tornar referência no que faço”, comenta. Adrianne Oliveira, jovem de Abaetetuba, acrescenta que o Embarca Amazônia é uma excelente chance de aprendizado sobre empreendedorismo. “Parece que foi um sonho conhecer tanta gente bacana, inteligente e incentivadora. O que eu vivi nos encontros do programa mudou completamente o meu olhar para o futuro”, afirma. Ela também participou da edição 2019/2020.

As inscrições são feitas pelo site www.embarcaamazonia.com.br.

  Websérie aborda histórias e traz o olhar de empregadas sobre diversidade e inclusão na mineradora Vale

Deixe uma resposta

Leia mais