18/02/2021 04/03/2021

GIGANTE: Horizonte Minerals divulga potencial do projeto Níquel Vermelho em Canaã dos Carajás

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Horizonte Minerals comprou da Vale o projeto Vermelho, de níquel e cobalto, em dezembro de 2017, localizado em Canaã dos Carajás, por US$ 8 milhões.  Na última quarta-feira (9) a Horizonte informou que o projeto contém recursos minerais, na categoria medidos e indicados, de 167,8 milhões de toneladas, com teor de 1,01% de níquel e 0,06% de cobalto, considerando um teor de corte de 0,9% de níquel equivalente. Os dados fazem parte da estimativa inicial de recursos minerais divulgados de acordo com a norma canadense NI 43-101.

Segundo a companhia, o projeto estima-se que as categorias de recursos minerais Medidos e Indicados contenham 1,68 milhão de toneladas (3,700 milhões de libras) de níquel e 94.000 toneladas (207 milhões de libras) de cobalto. O carro-chefe da mineradora é o projeto Níquel do Araguaia controlado pela Horizonte.

Produção de sulfato de níquel e cobalto

A mineradora diz que há testes programados para confirmar se a mineralização do Vermelho é adequada para produzir sulfato de níquel e cobalto para o mercado de baterias para carros elétricos (EV). A próxima fase do projeto niquel Vermelho se concentrará no avanço do trabalho que a Vale completou como parte de seu estudo de viabilidade, isto é, na transformação do hidróxido misto (MHP) em sulfato de níquel e cobalto adequado para uso no mercado de baterias para EV.

  18 pessoas estão internadas com Covid-19 em Canaã; Veja boletim

Com a palavra o presidente da companhia, Jeremy Martin.

“Esse recurso mineral cobrindo o projeto de níquel-cobalto do Vermelho é um desenvolvimento empolgante para a companhia. O recurso é de alto teor, por volta de 1,34% NiEq e coloca o projeto na extremidade superior a curva de classificação global, além de ser escalável, adicionando mais de 1,6 milhão de toneladas de níquel contido e mais de 90.000 toneladas de cobalto contido ao substancial estoque de metais da Companhia”, afirmou o presidente da companhia, Jeremy Martin, em comunicado.

Ainda segundo o presidente da companhia, Jeremy Martin, a aquisição do projeto de níquel e cobalto Vermelho significa que a Horizonte tem agora o potencial de fornecer ferroníquel de alto teor do projeto Araguaia ao mercado de aço inoxidável e produtos de níquel/cobalto que podem ser usados no mercado de baterias EV.

Deixe uma resposta

Leia mais