Síndrome gripal superlota serviços de urgência e emergência em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Foto: arquivo – Ascom | PMP

Uma pesquisa realizada esta semana pela empresa Testes Moleculares, a pedido da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), atesta: o vírus influenza A-H3N2 potencialmente já está circulando em Parauapebas e contribuído para o aumento do número de casos de síndrome gripal, a exemplo do que vem acontecendo nos demais municípios paraenses.

Somente na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a procura por atendimento cresceu sensivelmente. Ao longo deste ano, a média era de 250 atendimentos por dia, contudo, entre os dias 19 e 26 deste mês o número diário de atendimentos pulou para 550.

“Mesmo diante da superlotação, tanto a UPA quanto o Pronto Socorro do Hospital Geral de Parauapebas mantêm os atendimentos de urgência e emergência a todos os que procuram essas unidades”, ressalta o secretário adjunto de Saúde, Paulo Vilarinhos.

Ou seja, a UPA e o Pronto Socorro, além de atenderem os pacientes com síndrome gripal, continuam a cuidar dos casos considerados mais graves, como acidentes de trânsito e demais intercorrências oriundas deste período festivo que tende a ter acréscimo significativo.

Mas a orientação, para quem está com os sintomas da gripe, é para que, num primeiro momento, procure qualquer uma das 24 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, permitindo que a UPA e o Pronto Socorro voltem todas as atenções aos casos mais graves.

  Mais de 300 vagas de emprego disponíveis em Parauapebas

Cuidados com a saúde

Diante da síndrome gripal, o alerta é para que a população não abandone os cuidados básicos e efetivos com a saúde, que se tornaram eficazes durante a pandemia da covid-19 e que agora também são importantes para diminuir a velocidade de transmissão e aumento repentino dos casos respiratórios.

“Relembramos que os cuidados para evitar o contágio e a transmissão da gripe são os mesmos que a população tem usado para frear a transmissão da covid-19: distanciamento social, evitar aglomerações, uso de máscaras, higiene constante das mãos e etiqueta respiratória”, pontua Paulo Vilarinhos.

Que gripe é essa?

A Influenza, conhecida como gripe, é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. Está entre as viroses mais frequentes, de elevada transmissibilidade e apresenta aumento no número de casos no período chuvoso.

Embora possuam diferenças genéticas, todos os tipos de Influenza podem provocar sintomas parecidos, como febre alta, tosse, dor de garganta, dores de cabeça, no corpo e nas articulações, calafrios e fadigas. Idosos, crianças menores de 5 anos e pessoas com doenças crônicas têm risco maior de apresentarem formas graves dessa infecção.

Dúvidas frequentes

1 – Quando devo procurar os serviços de urgência e emergência (UPA e Pronto Socorro)?

Quando houver sintomas graves, pacientes com febre alta, desconforto respiratório, dor de garganta e dores nas articulações, dores musculares ou de cabeça devem procurar atendimento médico com urgência, em especial os que possuem alguma comorbidade, como os doentes crônicos ou imunodeprimidos.

  Candidatos a federal, Keniston Braga, Joelma Leite e Aurélio Goiano já estão registrados no TSE

2 – Quando procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS)?

As Unidades Básicas de Saúde são o primeiro lugar que se deve procurar caso apresente algum sintoma gripal. O cidadão deve evitar as procuras por emergências (hospitais, pronto-socorro e UPA), deixando-as livres apenas para os casos mais graves.

3 – Quais são e em que horário estão funcionando as UBS?

De segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Todas as 24 UBS do município estão de portas abertas para atender os casos leves a moderados das síndromes gripais.

 

Texto: Nivea Lima 

Texto: Orion Lima



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas