Bloco Cala Boca e Me Beija apresenta tema e modelo de abadá para o Carnaval 2016

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Em uma reunião ocorrida na noite sábado, 9, a diretoria do bloco carnavalesco  “Cala Boca e Me Beija” e fiéis foliões definiram que a CULTURA AFRO será usada como tema na avenida. Depois de discussões entre os diretores e diante de várias propostas foi escolhido o tema: “NEGRA NÃO É COR. É RAÇA”.

Sendo assim, em seus 11 anos de existência o Bloco Cala Boca e Me Beija trabalhará no Carnaval 2016 o combate ao racismo que, segundo o diretor geral, Josean Brito (Chocolate), existe até mesmo entre as pessoas negras que frequentemente se apresentam como MORENAS. “Temos que entender isso, que negra não é uma cor, mas uma raça. E como tal nos assumirmos não como superiores ou inferiores às outras, autenticando nossa identidade tanto no comportamento como no nosso jeito próprio de ser vestindo assessórios que nos embeleza e tipifica nossas raízes”, explica Chocolate, enfatizando que falta ao povo negro a consciência de seu valor e o conhecimento da história do Brasil em cujos capítulos sempre encontram as ações do povo negro.

Ainda segundo Chocolate, a agremiação não almeja criar resistência nem promover a intolerância entre as raças, mas trazer para os próprios negros a autovalorização devida. Ele diz que, infelizmente, o alto índice de ações racistas ainda vem assolando o mundo, país e a cidade de Parauapebas.

A agremiação já trouxe em seu bojo assuntos como: Gravidez na adolescêcia, Combate à Dengue, o Mundo da Internet, Aquífero Guarani, DST, dentre outros. Todos esses temas fazem parte diretamente da vida de cada cidadão.

Para este ano, os amantes do carnaval e seguidores do Cala Boca e Me Beija podem esperar uma atuação mais brilhante que anos anteriores.

Confira a programação:

A concentração do bloco, que será no corredor da folia, na beira do lago do bairro Nova Carajás, haverá o tradicional churrasco iniciando às 15h do dia do desfile, ao som de grupos de pagode e regado a 1.000 litros de caipirinha e 250 litros de Chopp Orktos, na boa companhia da Musa do bloco; wifi liberado e apresentação de grupos culturais; interação, abadá empolgante e uma concentração animadíssima como sempre acontece, além de folders com textos voltados para o tema, distribuição de preservativos e o concurso do beijo mais gostoso do carnaval.  E como todos os anos, os ritmos resgatarão as tradicionais marchinhas.

unnamed-1



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas