Gasolina é oferecida por até R$4,69 no sudeste do Pará; Confira o mais barato

A variação constante nos preços dos combustíveis fez o brasileiro aderir a um antigo hábito: pesquisar preço. Ter um veículo econômico (que “bebe menos”) ajuda bastante a fazer economia, ainda mais pra quem fica atendo nas variações do postos de combustível. No pará, a realidade dos municípios são bem diferentes de um para o outro, o que causa bastante discussão.

Pensando nisso, o Portal Canaã fez o levamento de alguns município do sudeste do Pará, com a finalidade de ajudar quem trafega bastante entre municípios pelas PA’s. Veja alguns:

Abel Figueiredo: R$4,59

Bom Jesus do Tocantins (Vila Santo Antônio): R$4,49

Curionópolis: ~R$4,25

Eldorado do Carajás: R$4,15 a R$ 4,21

Marabá:  R$3,99 a R$4,10

Parauapebas: ~R$4,40 a  R$4,45

Rondon do Pará: R$4,69

Redenção: ~R$4,47

8 dicas para economizar combustível

1. Ligando o carro
Ao ligar o veículo, evite acelerar bruscamente com o motor ainda frio. Além de queimar combustível em excesso, isso também danifica peças do motor. Quando ligar o carro, procure não dar fortes aceleradas, aos poucos o carro atingirá a temperatura ideal de funcionamento.

2. Calibração dos pneus
Para cada veículo, existe uma especificação, na maioria dos casos o número de pressão ideal fica localizado na tampa de combustível ou no manual de bordo. É necessário de certo cuidado, pois a quantidade de carga muda a calibragem do pneu. Exemplo: com poucas pessoas (parcial) ou com pessoas e bagagem(carga total). A pressão correta pode fazer o consumo cair até 20% em alguns casos.

3. Trocas de marcha
Elas precisam ocorrer no momento certo. Andar com rotação elevada e a marcha errada para o momento aumenta consideravelmente o consumo do veículo. Em uma condução econômica, o ideal é trocar as marchas entre 1.500 rpm e 2.500 rpm.

4. As revisões preventivas
Nestas revisões, a equipe de mecânicos troca o filtro de óleo do motor e de combustível, as velas de ignição, verificam o sistema de injeção e inspecionam muitos outros componentes. Tudo para que o carro permaneça com um bom índice eficiência.

5. Pesos extras e acessórios
Andar com excesso de carga e acessórios (bolsas, ferramentas, suporte para bicicletas, etc) desnecessários em seu carro sempre atrapalham no consumo desejado. A regra é clara, quanto maior o peso, mais força vai ser necessária para fazer o carro andar. Fazendo subir quantidade de combustível injetada no motor. Deixe apenas o necessário dentro do seu veículo.

6. Velocidade ideal
Sempre respeitando as leis de trânsito é possível economizar mais combustível andando em velocidades entre 80 km/h e 100 km/h. Claro, que a marcha ideal sempre conta. Fique de olho no velocímetro e também no conta giros.

7. Combustível de qualidade
De preferência, o abastecimento deve ocorrer sempre em um posto de confiança. Com a utilização de combustíveis adulterados, as peças podem ser corroídas, ocasionando problemas como o entupimento do filtro de combustível que gera diferença de mistura de oxigênio e combustível. Vale lembrar que um direito do consumidor solicitar o teste de qualidade.

8. Ar-condicionado e vidros abertos não combinam
Para muitos, o ar-condicionado é o principal vilão. Procure utiliza-lo apenas quando necessário. Se você vai ligar o ar-condicionado, não abra as janelas. Aliás, mesmo o carro estando só com as janelas abertas, ele passa por um arrasto aerodinâmico que consequentemente sobre o consumo em até 10%.

Redação/Portal Canaã – Fonte das Dicas: liberal.com.br

Receba as notícias do Portal Canaã

Siga nosso perfil no Google News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *