Polícia Militar encontra recém-nascido sequestrado e devolve à família

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O caso sobre o bebê recém-nascido que foi sequestrado na madrugada desta terça-feira (23), em Belém, ganhou um final feliz graças ao trabalho da Polícia Militar. Os policiais localizaram a criança, horas depois do crime, dentro de uma residência no distrito de Icoaraci, em Belém. O caso teve grande repercussão nas mídias sociais, principalmente após a notícia do reencontro com a família.

Assim que receberam as informações sobre o sequestro da criança, ainda pela madrugada, equipes do 2° Batalhão foram até a Santa Casa de Misericórdia, no bairro Umarizal. Os policiais estiveram no setor de monitoramento do hospital e ouviram pessoas que estavam na unidade de saúde para tentar identificar os responsáveis pelo crime.

Uma senhora, parente da mãe do bebê, contou que viram, em um grupo de Whatsapp, a foto de um recém-nascido muito parecido com a criança sequestrada. Com a análise das imagens de circuito interno da Santa Casa e informações colhidas no local, os policiais conseguiram o contato telefônico de uma mulher que estava no hospital no momento do fato e teria mais informações. Ela confessou ter recebido as mesmas fotos e repassou o endereço onde estaria a criança.

Os militares, entre eles membros do Grupamento de Proteção Ativa do 2º Batalhão, foram até a casa denunciada, em Icoaraci, onde localizaram o bebê, a mulher suspeita do sequestro, um homem e uma criança. Em bom estado de saúde, o pequeno Luiz Carlos foi levado para a família na maternidade da Santa Casa de Misericórdia, onde foi devolvido à mãe. “A felicidade foi geral no hospital, os funcionários e familiares bateram palmas para atuação da Polícia Militar. Ver a gratidão da mãe nos deixa muito entusiasmados pelo trabalho que nós fizemos”, contou o tenente-coronel Getúlio Rocha, comandante do 2º Batalhão, que está na Polícia Militar há 23 anos e explica que ainda não havia participado de uma ocorrência tão emocionante.

  Chamada Vale recebe cadastro de cerca de 3 mil projetos

Os dois adultos encontrados foram conduzidos para a Seccional da Cremação, onde o homem foi ouvido e liberado. A mulher foi autuada em flagrante, pelo crime de sequestro, previsto no artigo 148 do Código Penal Brasileiro. Já o outro menor de idade encontrado com o casal foi entregue ao Conselho Tutelar e, posteriormente, devolvido ao homem, que é pai da criança.

Deixe uma resposta

Leia mais