RECORDE: Parauapebas abocanha 455% a mais de Royalties no mês de Junho – Portal Canaã

RECORDE: Parauapebas abocanha 455% a mais de Royalties no mês de Junho

Rua 24 de Março, Parauapebas| Foto: Jorge Clésio

O município que é o maior exportador do do Pará amanheceu com as os cofres públicos inchados, com a maior parcela de royalties já visto na história.

Parauapebas teve uma aumento na parcela do Cfem de 455%, com fatores que envolve a exploração de minério, como a tragédia envolvendo a barragem no município de Brumadinho, em Minas Gerais.

Com a tragédia, as minerações da região Carajás foram priorizadas, como o Projeto Carajás, Sossego, impactando também Canaã dos Carajás com o moderno projeto S11D, que não dispõe de barragem. Confira aqui.

Parauapebas, abocanhou R$132.291.402,80 no dia de hoje, com a grande alta da exploração do minério, em compensação as perdas de minas gerais.

O valor do mês se compara ao montante arrecadado nos últimos quadro meses. Ao todo, o município já tem R$317 milhões no cofres público

Repasse da compensação por mês:

Janeiro: 45.760.909,52

Fevereiro: 42.546.220,76

Março: 43.432.676,43

Abril: 29.156.210,21

Maio: 23.813.828,13

Junho: 132.291.402,80

Utilização dos recursos da CFEM

Essas receitas deverão ser aplicadas em projetos, que direta ou indiretamente revertam em prol da comunidade local, na forma de melhoria da infra-estrutura, da qualidade ambiental, da saúde e educação. E, não poderão ser aplicados em pagamento de dívida ou no quadro permanente de pessoal, segundo a legislação.

O CFEM é creditado nas respectivas Contas de Movimento Específicas do Município, no sexto dia útil, que sucede ao recolhimento por parte das empresas de mineração.

 

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE