Produtores rurais de Parauapebas são contemplados com pasto rotacionado e sistema de irrigação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Lucas Dias/PMP

Os benefícios são destinados aos produtores selecionados pelo projeto Leite a Pasto

O casal de produtores rurais, José Wanderley de Sena e Denise Ferreira da Mota, foram os primeiros contemplados com a implantação do pasto rotacionado e sistema de irrigação – benefícios da modalidade de reestruturação do projeto Leite a Pasto. Paralelo à implantação, o governo municipal também capacita técnicos da Secretaria de Produção Rural (Sempror), que aprendem na prática a forma correta de implantar, corrigidas e ajustar esses sistemas.

“Estamos felizes, também por sermos os primeiros a receber esse benefício. Agora que chegou a irrigação, tudo vai começar a funcionar de verdade, tudo irrigado, verdinho, a gente tá contando com isso”, disse a produtora. “É uma maravilha, porque a tecnologia tá chegando, a Prefeitura tá proporcionado isso pra nós e vai melhorar em tudo. No verão vou ter pasto para o gado, mais leite, produção melhor e mais renda, né?”, comemorou seu Wanderley.

O engenheiro agrônomo, Raildo Kissigen, que acompanha de perto essa propriedade com assistência técnica, ressalta os ganhos do homem do campo com o apoio da Prefeitura. “Além disso tudo, a gente faz a gestão da propriedade, de forma com que o produtor se desenvolva, abra os olhos para o mercado, consiga crescer, aumente sua produção e aumente também seu retorno financeiro”, disse.

A zootecnista e coordenadora dos projetos Leite a Pasto e Cordeiro Mais Carne, Acaína Kiss, explica sobre o processo. “Esse projeto foi planejado para atender inicialmente 60 famílias. Os 45 produtores contemplados, já estão sendo assistido. Hoje, estamos com edital aberto para a seleção de mais 20 produtores que estejam inseridos na atividade leiteira: temos 17 vagas para implantação do Leite a Pasto e 3 vagas para produtores que trabalham com ovinos, para produção de carne”, explicou.

Deixe uma resposta

Leia mais