A AIDS em Parauapebas é um holocausto silencioso, não gera debate

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Aids em Parauapebas/PA

Joddal Simon Foto: Do Autor

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Instituto Acthivist apresentou a solução, convidou muita gente a mudar a situação, sair da limitação politica e intelectual e da cultura de fazer puxadinhos, de fazer remendos na luta contra a AIDS. Estamos sofrendo retalhação, isolamento, indiferença, ameaças e criando inimigos. Os especialistas de plantão amam ONGS de festinhas, carnaval, primeiro de dezembro e de ideologias.

Nos chamam de loucos, nos deixam falando sozinhos, interrompem nossas falas, boicotam nossa presença, mas ninguém apresenta projetos e soluções reais, com máxima resolutividade, a frente do tempo e com dignidade as pessoas vivendo com hiv e aids e hepatite B e aos colaboradores do CTA/SAE.

Nós temos coragem de escancará a realidade em HIV/AIDS em Parauapebas e os especialistas de plantão escondem, mentem e tentam nos desqualificar, apequenar, desmentir. Muita gente da imprensa é covarde, dissimulada, conveniente. Eles sabem que temos projetos assertivos e que vai mudar a politica de aids e tem medo, ciumes, raiva porque não são projetos deles ou de gente iguais a eles, da panelinha. Vivem de ilusão e do falso senso de importância.

Nós temos projetos. Nós temos sonhos. Nós temos visão. Somos ousados. Isso assusta e incomoda muita gente.

Não vamos parar, nada e ninguém vai nos parar

Toda sociedade, cada cidadão de Parauapebas e região vai precisar de nossos projetos e ações.

Graças a Deus tem muita gente linda nessa cidade, empresários, cidadão, gente da imprensa que se importa e dão as mãos na luta contra a aids. Obrigado aos que acreditam e estão juntos. Vamos vencer e ser referencia mundial. Esperem e verão.

Todos os nossos projetos são dedicados e consagrados a Deus com muita oração. Todos os projetos serão realizados para a gloria de Deus e o bem estar de quem precisa.

Joddal Simon
Humanista e Ativista
CEO Instituto Acthivist

COMENTE VIA FACEBOOK

1 thought on “A AIDS em Parauapebas é um holocausto silencioso, não gera debate

Deixe uma resposta