Mulheres realizam etapa da seleção do Programa de Formação Profissional da Vale

Mulheres participam de dinâmica de grupo e entrevistas na última semana

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma sala repleta de olhos brilhantes, sorrisos esperançosos e muita determinação e força de vontade. Estava assim a expectativa da turma de mulheres selecionadas para as etapas de dinâmica de grupo e entrevista do processo seletivo focado no público feminino e pessoas com deficiência que a Vale está realizando em Parauapebas. Entre as muitas histórias e experiências de vida, Claudineia da Luz Oliveira, 36 anos, que é chefe de família, conta com que o incentivo de amigos e familiares foi importante para participar do processo. A seleção foi iniciada em julho e contou com mais de 15 mil inscrições. São seis etapas no total, todas de caráter eliminatório. As próximas são a entrega de documentação e a realização dos exames médicos. Ao todo, são 240 vagas voltadas para mulheres nas áreas de manutenção e operação de equipamentos.

“É uma oportunidade maravilhosa ter esse processo e que a gente espera que continue, porque tem outras guerreiras que estão esperando por uma oportunidade como essa. E eu estou aqui nessa luta, contando com o apoio dos meus familiares, meus amigos”, diz Claudineia. Para a assistente bancária Luziane da Silva Nunes, 25 anos, a expectativa é grande. “Não que a gente tenha que provar nada, mas eu vejo como uma oportunidade de mostrar que a gente também é capaz de trabalhar numa área, que, às vezes, nós mesmas acreditamos que é exclusivamente masculina. Quando a gente quer e acredita na gente, somos capazes de desempenhar qualquer função em qualquer área, naquilo que a gente quer e naquilo que a gente gosta. E a minha vontade é trabalhar na área da mineração, na manutenção. E eu acredito no meu potencial”, destaca.

Na segunda quinzena do mês de outubro, as selecionadas iniciarão seis meses de aprendizado teórico no Serviço Nacional da Indústria (Senai), em Parauapebas, e um ano de atividade prática no Complexo Minerador de Carajás. A iniciativa também irá preparar 50 pessoas com deficiência para atuar na área de manutenção da atividade de mineração. “Nós temos dois objetivos com esse processo seletivo: ampliar a diversidade nas operações da empresa e ampliar da capacidade de empregabilidade da mão de obra da região, principalmente para esses dois grupos”, diz a gerente de Desenvolvimento de Talentos da Vale, Carmene Abreu.

Por meio de ações focadas na qualificação profissional na região, em 2018, mais de 840 jovens ingressaram na empresa pelos chamados programas Porta de Entrada. Entre eles: o Programas de Formação, Jovem Aprendiz e Estágio, nas modalidades, regular, técnico e de 40 horas. Desde 2017, quando iniciou o programa até hoje, 201 estudantes já foram beneficiados, por meio do estágio 40h na empresa.

Outras oportunidades

A Vale está com processo seletivo para profissionais técnicos, especialistas e cargos de supervisão. São vagas para contratação imediata nas operações da empresa no sudeste do Pará, em Canaã dos Carajás. As oportunidades estão disponibilizadas para consulta no site: www.vale.com/oportunidades.

A empresa está também com inscrições abertas para o Global Trainee Program. Com 120 vagas para o Brasil, o programa tem como objetivo atrair e desenvolver talentos que serão preparados para ocupar posições estratégicas no futuro e irão apoiar a transformação cultural da empresa. As inscrições devem ser feitas pelo site www.vale.com/trainee até 01/10. Os futuros trainees iniciam sua jornada na empresa em janeiro de 2020.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta