Fêmea de onça-pintada negra é levada de avião do Pará para acasalamento com macho em São Paulo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Sheilla nasceu em 2016 no zoológico de Parauapebas. Ela e a irmã, Leila, são onças-pintadas negras, ou seja, apresentam uma variação melânica – possuem mais melanina, o que dá à pelagem uma tonalidade escura (já há registros de outros indivíduos assim no Brasil).

O envio da onça fêmea para possível pareamento com o macho faz parte de um programa de trocas e doações de indivíduos entre zoológicos de todo o país. “São ações muito importantes para a conservação da espécie. Vale ressaltar que os animais que chegam a estas instituições são provenientes do tráfico, permutas ou porque nasceram em cativeiro. Nenhum animal foi retirado da natureza”, explica o biólgo Tarcísio Rodrigues, do Parque Zoobotânico Vale.

  Vale busca profissionais para atuar em Canaã, Parauapebas e Ourilândia do Norte

Nessas permutas os especialistas sempre pareiam indivíduos que sejam originários do mesmo bioma. Tanto Sheilla como Pantanal são filhos de pais amazônicos.

Atualmente existem sete onças-pintadas no zoo de Parauapebas e cinco delas são fêmeas, por isso Sheilla foi enviada para Americana. Neste primeiro momento, ela passará por um período de quarentena. Só depois é que será apresentada ao macho.

“A aproximação entre os dois será gradual. Ficarão em recintos diferentes e se conhecerão através de grades, tudo feito com muito cuidado”, explica Rodrigues. “Mas se tudo der certo, poderão conviver juntos e no futuro, teremos boas notícias sobre filhotes”.

2 respostas em “Fêmea de onça-pintada negra é levada de avião do Pará para acasalamento com macho em São Paulo”

Deixe uma resposta

Leia mais