Estiagem do Rio Parauapebas: Não é só a seca!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Uma série de fenômenos que contribuem para esta situação precária do Rio Parauapebas que vem agravando com o passar dos anos .

O município teve um crescimento enorme na última década e ações de preservação ambiental de sua bacia foram negligenciadas e hoje o que vemos é sua agonia que não começou agora já se arrasta por anos de castigo do desenvolvimento desordenado., êxodos migratório e explosão demográfica da região todos aqui preocupam com a exaustão do minério de ferro e alternativas econômicas criam conceitos mirabolantes e enchem o peito propondo soluções para o município esquecendo o principal e mais simples que são os recursos naturais que garante a vida: Água , o Ar e a terra .

Estes três elementos da natureza define a qualidade de vida de uma sociedade proporciona sua prosperidade e garante seu desenvolvimento deixando um legado para futuras gerações .
Os recursos naturais são também finitos talvez a água pode se tornar o problema muito mais sério que a exaustão do minério de ferro .
Porquê Ter água não significa que ela está apropriada para uso. É o que acontece hoje .

A bacia do Rio Parauapebas está em situação crítica seu nível de contaminação está elevado o ciclo hidrológico comprometido o regime de chuvas escassos a bacia do Rio e afluentes não conseguem recuperar de um ano para outro a escassez de água agrava devido a redução de volume de contribuição principalmente na sua cabeceira.
Estamos consumindo mais água e nossa recuperação de água tratada e utilizada muito baixa custo elevado com o tratamento e receita do serviço precária .
Várias vezes está situação eu relatei o problema de sustentabilidade do sistema de abastecimento público passa por uma revisão e mudanças no conceito na educação de utilização do recurso natural alertando a população , água um recurso natural e se também não cuidar um dia pode faltar .
Uso racional e um projeto sustentável de médio e longo prazo para o abastecimento do município é prioridade .
Temos a maior reserva florestal do mundo e poderemos ter sérios problemas de abastecimento de água bem antes do minério acabar .

PENSE NISSO !

WJN

Deixe uma resposta

+ Sobre