População relata constante oscilação de energia em Canaã dos Carajás

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Oscilações de energia têm causado prejuízos a população, no município de Canaã dos Carajás. Segundo uma moradora da localidade, o problema é frequente e prejudica todos os comerciantes da região.

“A oscilação nos diversos bairros da cidade ocasiona prejuízo constante aos moradores e empresários, triste não conseguir dormir devido ao excesso de calor, mencionam que é devido o gerador, quero explicação sobre solução do problema estive na CELPA que tem um péssimo atendimento, vamos ao ministério público e oriento os demais vizinhos ”, narrou uma moradora que preferiu não se identificar.

“Quem tem criança é que mais sofre. A minha filha, por exemplo, teve de dormir algumas noites no escuro e no calor”, narrou, acrescentando que o problema no fornecimento é corriqueiro. “A falta de energia é frequente e só tem piorado com o passar do tempo”.

Caso o morador tenha prejuízo, veja como proceder:

Os consumidores que se sentirem prejudicados com a queima de aparelhos elétricos e/ou eletrônicos, como geladeira e computador, em decorrência da falta de energia elétrica ou oscilações, têm direito de solicitar ressarcimento junto à concessionária de energia elétrica, conforme Resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica e o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A queima de equipamentos eletrônicos e elétricos normalmente acontece no retorno da energia elétrica após a sua interrupção ou oscilação, causando avarias por sobrecorrente ou sobretensão, explica o Procon.

De acordo com o artigo 22 do CDC, “os órgãos públicos, por si ou suas empresas, concessionárias, permissionárias ou sob qualquer outra forma de empreendimento, são obrigados a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos. O Parágrafo único também salienta que nos casos de descumprimento, total ou parcial, das obrigações referidas neste artigo, serão as pessoas jurídicas compelidas a cumpri-las e a reparar os danos causados, na forma prevista neste Código”.

O interessado em solicitar o ressarcimento deve entrar em contato com a concessionária para agendar uma visita de um técnico para verificar o “nexo causal”, que significa a relação de causa e efeito. Confirmando que houve a avaria do equipamento por um dos problemas acima citado, a concessionária tem 15 dias para dar a resposta ao consumidor. Depois tem mais 20 dias para atender a forma escolhida pelo consumidor para ser ressarcido. Ele pode escolher ter o aparelho seja consertado, trocado ou receber o valor equivalente ao produto.

Segundo a resolução da Anel, quando se refere a um equipamento essencial, como uma geladeira, a visita deve ser feita dentro de 24h.

Seny Lima da Redação do Portal Canaã.

 



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas