Marabá, Polícia e semma vão retirar os invasores de margens do Rio Itacaiúnas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Em Marabá uma boa notícia para as pessoas que amam e torcem pelo Rio Itacaiúnas. Depois da audiência realizada no Ministério Público Estadual no último dia 19, ficou acertado que a Polícia Civil, com reforço da Polícia Militar e Semma irá intensificar as operações contra os invasores de Áreas de Preservação Permanentes (APPs), ao longo de toda a extensão urbana deste manancial.
 De acordo com a delegada Simone Felinto, a maioria dos invasores se apossa irregularmente das margens do rio com a intenção de lotear e vender para terceiros, incorrendo, ambos em crime ambiental, que é passível de sanções, isto é, responsabilidade criminal. A situação dos infratores se agrava se a área for desmatada.
 Para a delegada, a retirada imediata dos infratores ambientais é indispensável para que o rio não morra. A Força Tarefa criada com diversos órgãos governamentais e ONGs irá realizar em breve uma expedição ao longo das áreas para verificar de perto a situação e tomar providências junto ao Ministério Público Estadual.
A POPULAÇÃO PODE AJUDAR
Assim como fizeram os integrantes do Grupo de Caiaque de Marabá, fotografando o cano de efluentes da JBS, a população pode colaborar encaminhando fotos e vídeos com flagrantes de crimes ambientais no Rio Itacaiúnas.
 Para efeito de conhecimento, a legislação municipal considera APP a faixa de 100 metros de ambas as margens do rio. A declaração é do secretário de Meio Ambiente, Carlos Brito.

Texto/foto: André Vianello

Deixe uma resposta

+ Sobre