Conheça as dez maiores minas a céu aberto do mundo – Portal Canaã

Conheça as dez maiores minas a céu aberto do mundo

As dez maiores minas a céu aberto do mundo estão espalhadas em quase todos os continentes, exceto a Europa. Da América do Sul à Oceania, essas minas têm operações diversas, como a extração de minério de ferro, cobre, ouro e até diamante.

Nem todas essas grandes minas estão em atividade, uma vez que o próprio gigantismo pode torná-las inviáveis economicamente. E algumas delas são das principais companhias do mundo, como BHP Billiton, Rio Tinto, Alrosa, Codelco e De Beers, que movimentam bilhões de toneladas de minérios e estéril por ano.

A lista das maiores minas tem medidas como 850 metros de profundidade, na mina de cobre Chuquicamata e de até 3.200 metros de diâmetro da mina Hull-Rust-Mahoning, localizada em Minnesota, Estados Unidos. Veja abaixo, em ordem decrescente, as principais minas:

10. Escondida Copper Mine

Localizada no Deserto do Atacama, no Chile, a mina de cobre Escondida é uma das maiores minas a céu aberto do mundo. Contendo duas minas a céu aberto, a Escondida e a Escondida Norte, a cava tem 3,9 quilômetros de comprimento, 2,7 quilômetros de largura e 645 metros de profundidade. No ranking de minas mais profundas, a Escondida está na terceira posição. Entre os donos da mina Escondida estão a BHP Billiton, que possui 57,5%, e a Rio Tinto, que tem 30% de participação.

9. Udachny

A mina de diamantes Udanchy, localizada região oriental da Sibéria, na Rússia, é uma das maiores minas a céu abertas em operação no país, além de ser também uma das mais profundas do mundo. A mina é operada pela companhia estatal Alrosa, está em processo de produção a céu aberto desde 1971, e tinha previsão de encerrar suas atividades em 2015. A expectativa, ao parar a operação a céu aberto, é de retomar atividades subterrâneas. De acordo com a Alrosa, estima-se que exista uma reserva de diamantes de 108 milhões de quilates para mineração em Udachy.

8. Chuquicamata

Por mais de um século, a mina de cobre Chuquicamata, em Santiago, no Chile, produziu enormes quantidades de cobre. A mina é propriedade e é operada pela estatal Coldeco. As medidas da mina são de 4,3 quilômetros de comprimento, três quilômetros de largura e mais de 850 metros de profundidade, dando a ela o posto da mina aberta mais profunda do mundo.

7. Grasberg

A Grasberg Mine é a maior produtora de ouro do mundo e a segunda maior mina produtora de cobre. Localizada na Papua, uma província da Indonésia, a mina de ouro é operada pela Freeport Indonésia, subsidiária da Freeport-McMoRan Cooper & Gold, e trabalha em extração de ouro, prata e cobre, tanto a céu aberto quanto em mina subterrânea. É uma das mais profundas, com 550 metros.

6. Hull-Rust-Mahoning Mine

O que começou como uma mina de operações subterrâneas se transformou na sexta maior mina a céu aberto no mundo. A Hull-Rust-Mahoning é conhecida como “Grande Canyon do Norte”, está localizada no estado de Minnesota, Estados Unidos, e mede oito quilômetros de comprimento, 3,2 quilômetros de largura e 180 metros de profundidade.

Desde 1895, a mina já produziu mais de 800 milhões de toneladas de minério de ferro e removeu mais de 1,4 bilhões de toneladas da estéreis. A mina é tão grande que se tornou uma referência em Minnesota.

5. Diavik

A mina de diamantes Diavik Diamond está entre as cinco maiores minas a céu aberto no mundo. Aberta em 2003, a mina de diamante mede cerca de 7 quilômetros de largura e produz aproximadamente 8 milhões de quilates por ano. A mina fica em uma ilha no meio do Lac de Gras, na região noroeste do Canadá, e é uma joint venture entre Rio Tinto e Dominion Diamond Diavik Limited.

4. Kimberly

Frequentemente chamada de “o grande buraco”, a mina de diamantes Kimberly na África do Sul, pertence à De Beers, hoje parte da Anglo American. Trata-se da maior mina aberta do mundo escavada a mão. O perímetro da mina mede 1,6 quilômetros e atinge mais de 200 metros de profundidade. Apesar de estar fechada desde 1914, a mina continua atraindo turistas de todo o mundo e está em processo para se tornar um Patrimônio Mundial.

3. Kalgoorlie Super Pit

A cava aberta na mina conhecida como Kalgoorlie Super Pit é visível do espaço. Medindo cerca de 3,8 quilômetros de comprimento, 1,5 quilômetros de largura e 600 metros de profundidade, essa é a maior mina a céu aberto da Austrália. A mina de ouro é de propriedade e operada pela Kalgoorlie Consolidted Gold Mines (KCGM)

2. Mir

A mina de diamantes Mir, que fica na região noroeste da Sibéria, Rússia, é uma mina a céu aberto que funcionou entre 1957 e 2001. A mina produzia 10 milhões de quilates de diamantes anualmente durante seus anos de picos de operação. Hoje fechada, a mina mede 1,2 quilômetros de diâmetro, alcançando a profundidade de 525 metros.

1.Bingham Canyon

Está em Utah, nos Estados Unidos, a maior mina a céu aberto do mundo. Localizada a sudoeste de Salt Lake Ciry, a Bingham Canyon Mine tem cerca de 4 quilômetros de largura e mais de 1,2 quilômetros de profundidade. Iniciada em 1848, a mina de cobre ganhou uma reputação mística por seu tamanho. Além da larga produção de cobre, também é produzido na mina onças de ouro, prata e molibdênio.

COMENTAR VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.