Onda de crimes movimentou o fim de semana em Canaã dos Carajás – Portal Canaã

Onda de crimes movimentou o fim de semana em Canaã dos Carajás

Canaã dos Carajás Foto: Seny Lima / Portal Canaã

Era por volta das 10h da manhã de sábado, 22, quando o corpo de Eudison Lopes de Moraes, de 45 anos foi encontrado em um cômodo dentro de uma residência localizada na Rua Maranhão, Bairro João Pintinho, em Canaã dos Carajás.

Três facadas no pescoço e marteladas na cabeça foram as causas da morte do mecânico.

Segundo testemunho de vizinhos, duas horas antes do corpo ser encontrado, dois homens foram vistos entrando no imóvel, e após uma discussão, saíram ensanguentados e na motocicleta da vítima.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Parauapebas.

A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio, roubo seguido de morte.

Ainda durante a manhã, após receber uma denúncia anônima, fiscais de Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e a polícia militar flagraram uma grande quantidade de minério sendo extraído de forma irregular em uma área a poucos quilômetros da Vila Planalto. No local, Bento Alves Fernandes e George Conceição de Souza, foram presos em flagrante autuados nos crimes de usurpação e transporte e extração ilegal de minério.

Uma escavadeira hidráulica, e dois caminhões, um prancha e um basculante, este carregado de minério foram apreendidos. Uma amostra do minério será encaminhada para ser periciada no Instituto Renato Chaves em Marabá.

Os motoristas não souberam informar quem eram os contratantes, que apenas fariam o frete. Sem ter condições pagar os vinte salários mínimos arbitrados pela justiça, os dois permanecem presos. O caso está sendo investigado sob sigilo.

Já no domingo, 23,  Pedro José dos Santos Neto, morreu após se envolver em uma confusão em um bar. O crime ocorreu por volta das 15hs no complexo de chácaras “Terras de Davi”, Zona Rural do município. Segundo testemunhas, Pedro fumaça, como era conhecido, juntamente com um amigo estavam bebendo desde cedo quando se desentenderam por causa de um cachorro. Após a confusão, a vítima voltou para casa quando foi surpreendida pelos golpes e morreu no local. O autor do crime fugiu sem deixar pistas.

Reportagem: Sílvia Lopes