Estudantes de Parauapebas se destacam mais uma vez na Olimpíada Brasileira de Matemática


Imagem: Messania Cardoso

Parauapebas mais uma vez foi muito bem representado na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), maior competição de matemática do mundo. Cinco dos alunos da rede pública de ensino do município foram medalhistas na 13ª edição da competição e 36 foram agraciados com menções honrosas.

A cerimônia de premiação dos jovens talentos ocorreu na tarde do último sábado, 17, no auditório da Unidade I da Universidade Federal do Sul e Sudeste Pará (Unifesspa) em Marabá e reuniu os estudantes destaques de nove dos 39 municípios que compõem o PA02: Jacundá, Novo Repartimento, Paragominas, Tucuruí, Ulianópolis, Rio Maria, Redenção, Marabá e Parauapebas.

O evento, organizado pela coordenadora regional da Obmep-PA02, Elizabeth Rego Sabino, também contou com a participação do representante do Instituto de Ciências Exatas da Unifesspa, o professor doutor Narciso das Neves Soares e outras autoridades, além de professores, coordenadores, diretores e familiares dos alunos.

Marcada por muitos aplausos e emoção, a cerimônia reconheceu e premiou os estudantes que tiveram bom desempenho na edição de 2017. Na ocasião, os cinco alunos de Parauapebas ficaram com o bronze. Foram eles: Jamilly Evelyn de Brito Nascimento (Escola Mário Lago), Eva Gislane Costa Pereira (Escola Carlos Henrique), Lívia Kethiny Oliveira Moura e Lucas Fernandes Araújo Silva (Escola Chico Mendes); e a aluna Carla Ellen Lima Lemos, da Escola Estadual Eduardo Angelim.

O professor de matemática José Ribamar da Costa Júnior, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Mendes, e as escolas União do Povo e Chico Mendes também foram premiados com troféus e diploma de homenagem, além de material didático.

Para a aluna Jamilly Evelyn, a medalha foi resultado de muito estudo. “Sempre gostei de matemática e, por isso, procuro estudar a disciplina com afinco. Apesar disso só consegui um bom resultado na competição em minha segunda participação, quando fiz a prova com mais dedicação”, disse a estudante, para quem a felicidade de participar da premiação “é indescritível”.

O secretário-adjunto de Educação (Semed), Antonino Brito, marcou presença à cerimônia e fez questão de parabenizar todos pelas conquistas. “Estamos celebrando não só a conquista dos prêmios, mas também do saber. Essa é uma oportunidade que os alunos têm de desenvolver melhor suas competências e habilidades na disciplina. Estou orgulhoso. Todos estão de parabéns: alunos, professores, técnicos e diretores”, enfatizou.

Segundo Pedro Emiliano Botelho Neto, coordenador de matemática dos ciclos finais da Semed, os avanços em relação às aprendizagens dos alunos na disciplina de matemática têm sido significativos e o resultado está sendo evidenciado, inclusive nas olimpíadas. “Além da dedicação dos alunos, a atuação e incentivo dos professores têm sido fundamental nesse processo. Sem o apoio dos nossos docentes, com certeza, nada disso seria possível”, reconheceu o técnico, citando suas expectativas em relação a 14ª edição da competição. “Com o trabalho que foi desenvolvido este ano, a expectativa é que tenhamos mais medalhas e de repente algumas de prata e de ouro”.

EXEMPLO DE SUCESSO

A aluna Carla Ellen Lima Lemos é um grande exemplo de sucesso nas olimpíadas. Ela já é medalhista há quatro anos consecutivos: em 2014 (bronze), 2015 (prata), 2016 e 2017 (bronze). Passou pela iniciação científica, sendo bolsista do Programa de Iniciação Científica Jr (PIC). E pelo seu bom desempenho acadêmico, no PIC representará a região no 6° Encontro do Hotel de Hilbert, que ocorrerá de 20 a 25 deste mês em Florianópolis (SC).

“É muito gratificante receber reconhecimento por uma coisa que eu gosto tanto, que é estudar. E saber que eu vou representar Parauapebas no encontro do Hotel de Hilbert é maravilhoso; eu estou muito ansiosa e emocionada”, descreveu Carla.

ENCONTRO DO HOTEL DE HILBERTO

Encontro do Hotel de Hilbert reunirá cerca de 200 alunos (132 meninos e 65 meninas) com os melhores resultados no 13º PIC, de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal. Esses alunos serão levados a uma imersão no mundo da matemática.

Na programação do evento estão previstos conteúdo para todos os gostos, de palestras sobre criptografia, xadrez, astronomia e extração de petróleo a atividades de recreação, jogos e passeios.

Texto e fotos: Messania Cardoso | Semed |Assessoria de Comunicação – Ascom | PMP

COMENTAR COM FACEBOOK