Unifesspa inaugura Sistema de Infraestrutura em Rondon do Pará

Unifesspa Marabá

A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará inaugurou na última sexta-feira (18), a infraestrutura computacional da Unifesspa no Campus de Rondon do Pará. A modernização da infraestrutura computacional e de comunicação na Unifesspa se deu graças a aquisição de novos equipamentos e soluções de Tecnologia da Informação (TI), visando a modernização da estrutura de Data Center.

Entre os benefícios e melhorias alcançados com essa nova estrutura computacional estão: a implementação de novos serviços de TI, como o sistema de armazenamento de arquivos que possibilitou a implementação do processo eletrônico na Unifesspa; uniformidade nos serviços, garantindo maior integração com campi fora de sede; redução com gasto de energia elétrica, pois os equipamentos tem tecnologia para otimizar o consumo; além de mais agilidade no acesso aos sistemas SIG (SIGAA, SIGRH, SIPAC, entre outros).

Os recursos para a modernização da infraestrutura computacional e de comunicação na Unifesspa para as ações em Rondon do Pará são provenientes de emenda da bancada federal paraense, coordenada pelo senador Zequinha Marinho contando com indicações da então deputada federal Júlia Marinho.

O diretor do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC), Vítor Souza Castro fez uma exposição técnica sobre a infraestrutura computacional e de comunicação da Unifesspa. Ele destacou que com os recursos recebidos foram adquiridos um servidor com capacidade de processamento e armazenamento de informações, com infraestrutura de monitoramento com controle de umidade e sensor de temperatura, além de infraestrutura elétrica por meio de nobreak de alta capacidade. Ele disse ainda que com essa nova infraestrutura computacional a Unifesspa aumentou a sua capacidade de armazenamento de dados em 116%. Já no campus de Rondon do Pará essa capacidade saltou para +1.600%.

Foi exibido um vídeo institucional mostrando a modernização na implantação de novos serviços de comunicação na Unifesspa, abarcando sistematicamente melhorias nos processos de ensino, pesquisa e extensão da universidade, além de estar completamente alinhado a essa transformação digital proposta pelo governo federal através do projeto #gov.br.

“Nós percebemos um avanço enorme na área comunicacional da Unifesspa. Essa inovação é importantíssima para facilitar o desenvolvimento dos nossos trabalhos e projetos. Agradecemos a então deputada federal Júlia Marinho pela indicação dos recursos para nossa universidade e ao senador Zequinha Marinho por ter vindo à inauguração para ver de perto os avanços conquistados com essa emenda”, disse o representante da Classe Estudantil, Hugo Cravo Costeira.

Para o diretor geral do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Prof. Dr. Gabriel Moraes de Outeiro a universidade é uma construção coletiva e enfatizou que é grato pelo esforço de cada um na conquista desses avanços tecnológicos para Unifesspa.

O vereador Carlos Vidal relembrou o período em que discutiu e votou favorável pela implantação da Unifesspa no município e destacou o quanto a universidade alavancou a economia em Rondon do Pará e colocou o seu mandato sempre à disposição para apoiar e aprovar projetos em benefício da educação e da própria Unifesspa.

“Uma gestão pública se faz buscando melhorias e a administração superior da Unifesspa está de parabéns por ter habilidade em conduzir todo esse processo que resultou no avanço das tecnologias de informação e comunicação da Unifesspa. Sabemos que as tecnologias mudam e transformam comportamentos. Estou muito orgulhoso por estar aqui essa noite e poder participar desse momento. As políticas públicas servem para isso – para sairmos da mesmice e a transformação da nossa sociedade perpassa pela educação”, ressaltou o prefeito de Rondon do Pará, Arnaldo Ferreira Rocha.

Para o senador Zequinha Marinho representar a bancada federal no ato de inauguração do Sistema de Infraestrutura Computacional da Unifesspa em Rondon do Pará foi motivo de grande alegria e satisfação. “As instituições federais precisam do nosso cuidado, do nosso apoio. A Universidade é o lugar para a gente pensar  a região da gente, pensar a economia, as questões de cidadania, mostrando a capacidade e as potencialidades do nosso estado. Para isso, precisamos ter um orçamento melhor para trabalhar. Nós sonhamos com a Unifesspa e, hoje, ela é realidade. Faço votos que a sonhada e querida Unifesspa seja esse espaço de transformação da nossa região sul e sudeste do Pará”, pontuou.

“Quero agradecer a toda bancada federal do estado do Pará que disponibiliza recursos à educação, em especial a nossa Unifesspa. Queremos fazer muito mais, mas para isso nós precisamos de mais recursos no intuito também de corrigir essas assimetrias, avançando não só na comunicação, mas em todas as áreas. Hoje, é uma manifestação concreta de que somos uma universidade nova, arrojada e pujante. Somos extremamente gratos a nossa equipe que é tão solidária e queremos continuar dando a mão a milhares de jovens da região sul e sudeste do Pará”, argumentou o reitor Maurílio de Abreu Monteiro.

Após o momento de fala das autoridades, eles seguiram para a sala onde está o Data Center; promoveram o descerramento da placa e a inauguração do novo sistema de infraestrutura computacional da Unifesspa.

Mesa de autoridades

Estiveram presentes na solenidade o reitor da Unifesspa, Prof. Dr. Maurílio de Abreu Monteiro, o senador federal, Zequinha Marinho, o prefeito municipal de Rondon do Pará, Arnaldo Ferreira Rocha, vereador Carlos Almeida Vidal, representando o presidente da Câmara Municipal de Rondon do Pará, Diego Dias Santos, diretor geral do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Prof. Dr. Gabriel Moraes de Outeiro, além do representante da Classe Estudantil, Hugo Cravo Costeira.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta