UFPA lidera rede do Programa Ciência nas escolas de ensino fundamental e médio no Pará

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Arte: Portal Canaã
Arte: Portal Canaã

A partir de 2020, escolas de ensino fundamental e médio no Pará receberão ações de incentivo à educação científica. A iniciativa é de uma rede de instituições parceiras no norte do Brasil, liderada pela Universidade Federal do Pará (UFPA), no âmbito do Programa Ciência na Escola, instituído por meio do Decreto 10.151, de 02/12/2019.

O Programa Ciência na Escola objetiva aprimorar o ensino de Ciências nas escolas de educação básica, promover o ensino por investigação voltado à solução de problemas, intensificar a qualificação de professores da educação básica para o ensino de Ciências, estimular o interesse dos alunos da educação básica pelas carreiras científicas, identificar jovens talentos para as Ciências, fomentar a implementação de soluções inovadoras que contribuam para aprimorar o ensino e o aprendizado de Ciências, incentivar o uso de novas tecnologias educacionais e novos métodos de ensino de Ciências, fortalecer a interação entre escolas de educação básica, instituições de ensino superior e outras instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação, e democratizar o conhecimento e popularizar a ciência.

A UFPA lidera uma das três redes do país aprovadas na chamada pública dos Ministérios da Educação (MEC) e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para a realização do Programa Ciência na Escola. Além do Pará, as ações ocorrerão em escolas públicas do Acre e de Rondônia.

Veja também:  UFPA Campus de Altamira está com inscrições abertas para o Curso Livre de Inglês e Língua Brasileira de Sinais

A rede liderada pela UFPA é coordenada pelas professoras Maria Ataide Malcher, do Núcleo de Inovação e Tecnologias Aplicadas a Ensino e Extensão, e Izabel Lucena, do Instituto de Educação Matemática e Científica, ambas unidades da UFPA. O Seminário Marco Zero do Programa Ciência na Escola foi realizado nos dias 3 e 4 de dezembro, no MCTIC, em Brasília.

Deixe uma resposta

+ Sobre