UFPA divulga os nomes dos 6.968 aprovados no Processo Seletivo 2020

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Fotos: Alexandre de Moraes/UFPA
Fotos: Alexandre de Moraes/UFPA

A tarde desta quinta-feira foi de muita emoção e festa para os 6.968 candidatos aprovados no Processo Seletivo (PS 2020) da Universidade Federal do Pará. Com  4.531 estudantes aprovados na capital e 2.437 aprovados para os campi do interior do Estado, o resultado do PS 2020 foi divulgado às 14h, no Centro de Eventos Benedito Nunes (CEBN), no Campus Guamá em Belém.

O Processo Seletivo 2020 da UFPA contou com um total de 93.759 inscritos e uma oferta de 7.143 vagas, divididas em 3.449 para ampla concorrência, 3.503 para o sistema de cotas e 191 vagas por Pessoas com Deficiência (PcD).

“Em 2020, além deste processo seletivo, que é o maior da UFPA e um dos maiores do Brasil,  tivemos processos seletivos especiais – um para o curso de Educação do Campo, outro voltado para indígenas e quilombolas, de modo que o número total para ingresso na UFPA foi de 7691 vagas”, lembrou o reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho, durante a coletiva de imprensa realizada antes da divulgação do resultado.

Do total de vagas ofertadas para os inscritos pelo sistema de cotas e pela demanda aberta, apenas 26 vagas não foram preenchidas, número menor que o apresentado na seleção do ano anterior. Entre essas vagas, 17 eram para o Curso de Licenciatura em Física noturno, Campus Salinópolis; quatro para o curso interdiscplinar em Ciências e Tecnologia com ênfase em Tecnologia Mineral; três vagas para Licenciatura em Geografia vespertino, Campus Altamira; e duas para Licenciatura em Física matutino, Campus Abaetetuba. Já em relação às vagas extras que são ofertadas para PcD, 149 não foram ocupadas.

Números do PS 2020 – Assim como nos anos anteriores, os candidatos que cursaram o ensino médio no Pará  mantiveram a liderança entre os aprovados no Processo Seletivo, com um total de 6.853 classificados.

“Esse é sem dúvida o listão mais aguardado por todos os candidatos que fizeram provas de seleção para o ensino superior. Nós temos quase sete mil vagas preenchidas em todos os campi da Universidade e estamos ávidos por receber estes novos estudantes a partir do dia 9 de março”, disse o professor Edmar Tavares da Costa, pró-reitor de Ensino e Graduação da UFPA.

Outro número de destaque no PS 2020 foi o de estudantes que alcançaram a nota mínima para a entrada na Universidade: 46.401 mil candidatos. Essas notas mostram que entre os 93.759 mil candidatos inscritos, mais de 40 mil alcançaram pelo menos o mínimo exigido para entrar na UFPA.

“O número é importante porque mostra o desafio que nós temos de trabalhar por uma expansão da oferta de Educação Superior Pública no Brasil. Essa é uma questão importante para a sociedade debater e tentar construir meios para que as universidades possam aumentar a oferta de vagas e, assim, garantir a oportunidade para todos esses jovens. O acesso à educação superior é bom para os jovens, para as suas famílias, para as suas comunidades, mas principalmente é bom para o país”, ressaltou Emmanuel Tourinho.

Adiamento da divulgação – Inicialmente programado para ser divulgado na última terça-feira, 28 de janeiro, o Listão do PS 2020 precisou ser adiado para que fosse assegurado o direito de todos os candidatos inscritos, uma vez que havia uma ação judicial que questionava a validade das notas do Enem divulgadas pelo INEP/MEC. Somente após a liberação da justiça, a UFPA definiu a nova data de divulgação.

“O adiamento do resultado não teve qualquer relação com o processamento da Universidade. Nós estávamos prontos para divulgar o resultado já há uma semana. Mas ocorre que nós usamos as notas do Enem e houve uma contestação da validade dessas notas. Então, nós precisávamos esperar que a justiça dissesse se as notas valiam ou não, para não corrermos o risco de divulgar um resultado que representaria um prejuízo para algum candidato que precisava ter a sua nota reparada. Para respeitar o direito de todos os candidatos, nós julgamos correto esperar uma decisão da justiça sobre a validade das notas do Enem”, explicou o reitor da UFPA.

Segundo Sanclayton Moreira, diretor do Centro de Processos Seletivos (CEPS), no que competia apenas à UFPA, o processo seletivo ocorreu sem problemas. “Não tivemos nenhuma diferença no processo, só trabalhamos com o banco de dados que foi disponibilizado pelo INEP. A responsabilidade sobre as notas estava nas mãos deles”, pontuou.

Habilitação – Após este dia de muita festa, os calouros já devem ficar atentos ao processo de habilitação, que inicia na próxima segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020. Nesta fase, os candidatos devem apresentar os documentos necessários à efetivação do vínculo institucional, para que posteriormente possam realizar a matrícula nas atividades curriculares do curso para o qual foram classificados.

“A orientação é para que os candidatos comecem a preparar, já a partir de amanhã, toda a documentação. Eles devem iniciar pelo preenchimento do COC, que estará disponível já nesta sexta-feira (31), e a partir do COC separar toda a documentação. É bom ressaltar, principalmente para aqueles alunos que se enquadram na cota renda, que é importante aproveitarem o final de semana para separar a documentação de cada membro familiar para não terem nenhum problema no dia da habilitação”, aconselha  Julieta Jatahy, diretora do Centro de Registro e Indicadores Acadêmicos (CIAC).

Segundo a diretora, muitas vezes o candidato só percebe a ausência de documentos exigidos quando chega no momento da habilitação, o que acaba acarretando um indeferimento, conforme está previsto no Edital disponível no site do CIAC.

Em caso de indeferimentos e desistências, todos os estudantes aprovados e não classificados têm a possibilidade de serem convocados às vagas nas chamadas subsequentes, de acordo com as suas respectivas classificações e enquadramentos.

Deixe uma resposta

+ Sobre