Premiação: Os melhores do Futebol de Salão – Futsal no Pará do ano de 2018

Foto: Ozeas Santos

A Assembleia Legislativa do Estado do Pará realizou uma sessão especial nesta segunda (21), pela manhã no plenário João Batista, onde foram premiados os melhores do Futebol de Salão – Futsal no Pará do ano de 2018, solicitada pelo deputado Gustavo Sefer (PSD), a pedido da Federação de Futsal do Pará – FEFUSPA.

A mesa foi composta por Paulo José Silva, presidente da FEFUSPA; Robson Cristiano Matos, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva – TJD; David Leal, diretor técnico da FEFUSPA; e Gilberto Chaves, diretor do Departamento Feminino da FEFUSPA.

O deputado Sefer, autor do requerimento da Sessão Especial, está em Brasília participando de uma reunião e por isso, enviou saudação aos participantes do evento em vídeo. Ele desejou “grandes realizações aos atletas, dirigentes, árbitros e aos clubes”, e se comprometeu com o esforço de “colaborar com o desenvolvimento da atividade esportiva”.

Na ocasião, foi entregue o Troféu de Melhores do Ano de 2018 para 64 atletas; e o Troféu Fair Play, em 16 categorias, para 16 clubes.

Como melhor árbitro, o escolhido foi Paulo Márcio Cecim; a melhor anotadora foi Márcia Helena Gatinho; o melhor treinador foi Élcio Souza da Silva; e a melhor diretora, Lineide Trindade (CDMI). Ainda foram homenageadas 8 personalidades com o troféu de Melhores do Ano por suas colaborações em apoio à modalidade.

As estatuetas de Melhores do Ano foram entregues em mãos para os próprios atletas, ou seus pais e representantes, nas categorias do sub-07 ao sub-20.

Nas categorias Feminina, Principal, ‘Bené Aguiar’, Veterano e 50tão, foram premiados os melhores artilheiros, goleiros artilheiros, melhores goleiros e melhores jogadores. Isaac Farias dos Santos, do sub-11 da Tuna Luso, levou os troféus de melhor jogador e maior artilheiro do sub-11 e ainda o de artilheiro da temporada, com a marca de 65 gols.

O Remo foi o clube que abocanhou o maior número de estatuetas por atleta, com 15 premiações. O Paysandu ficou em segundo, com 9. A Escola Superior Madre Celeste – ESMAC ganhou 7 prêmios; e a Tuna Luso Brasileira recebeu cinco.

Na classificação do Fair Play, o Remo faturou três prêmios; o Shouse ganhou dois; o Paysandu, Tuna e outros clubes ficaram com uma estatueta, cada.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta