Vale inicia programa de formação com 267 mulheres e pessoas com deficiência em Parauapebas

Turma de mulheres e pessoas com deficiência é o maior da história de Carajás

Nesta terça-feira (5) a Vale iniciou a capacitação do maior grupo de mulheres e pessoas com deficiência da história do Complexo Minerador de Carajás, em Parauapebas (PA). Elas participaram de processo seletivo inédito, focado nos dois públicos para Programa de Formação Profissional (PFP), promovido pela empresa este ano. São ao todo 240 mulheres e 27 profissionais com deficiência (12 mulheres e 15 homens). O processo seletivo iniciou em junho com vagas nas áreas de manutenção e operação de equipamentos e contou com mais de 15 mil inscritos.

Para o diretor do Corredor Norte, Antonio Padovezi, a partir desta seleção, a Vale espera ampliar a diversidade na empresa. “Nós promovemos um processo seletivo diferenciado, focado nesses dois grupos. Nosso objetivo é contribuir também com a ampliação da capacidade de empregabilidade da mão de obra na região. Esta iniciativa faz parte de uma série de esforços que estamos implementando para ampliar a diversidade, principalmente a presença de mulheres nas nossas operações. E esse processo, que garantiu o ingresso do maior grupo de mulheres da história de Carajás, será referência na empresa”, destaca.

A aula inaugural dá o ponta pé inicial de formação teórica do grupo, com duração de seis meses no Serviço Nacional da Indústria (Senai). A próxima etapa da formação, a fase prática, tem duração de um ano e será realizada no Complexo Minerador de Carajás, com mentoria de empregados qualificados em cada processo.

Edinalva Medeiros, 39 anos, trabalhava como prestadora de serviço de forma sazonal. Ela já havia participado de cinco processos seletivos e sempre manteve a determinação. Agora integra a maior turma de capacitação focada no público feminino em Parauapebas.”Já estava preocupada com a idade, tinha experiência e era algo que queria muito, fiquei muito surpresa quando me chamaram e hoje me sinto caminhando na direção de um dos meus sonhos. É muito importante essas iniciativas para nós,  mulheres”, comemora.

O Programa de Formação Profissional é um dos programas Porta de Entrada da Vale e tem como objetivo preparar profissionais para o mercado de trabalho. Por meio dessas ações focadas na qualificação profissional na região, em 2018, mais de 840 jovens ingressaram na empresa. Entre eles: o Programas de Formação, Jovem Aprendiz e Estágio, nas modalidades, regular, técnico e de 40 horas.

 

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta