Projeto “Circo na Escola” leva entretenimento à crianças de Parauapebas

Palhaços, mágicos, ginastas e malabaristas tomaram conta das quadras das escolas de ensino infantil da rede pública de Parauapebas. Foi o projeto “Circo na escola”, idealizado pela professora de educação física Larissa Britz, da escola Paulo Fonteles. O objetivo é inserir atividades circenses nas disciplinas curriculares e ter um termômetro para identificar e valorizar novos talentos.

“Esse é o segundo ano que executamos o projeto, e foi um sucesso, tanto na participação dos alunos, quanto na aceitação de novas modalidades. E o mais interessante foi a possibilidade que tivemos de descobrir novos talentos, como por exemplo, as meninas da ginástica artística que deram um show!”, diz Larissa, que afirma ainda que o projeto foi extendido e aplicado em mais de 30 escolas da cidade, alcançando uma média de dez mil alunos.

O ex-aluno da escola, Rodrigo Paes, retornou esse ano para atuar como palhaço dentro da programação. “Eu participei do projeto ano passado e fiz questão de vir esse ano, mesmo que fosse como ex-aluno só pra ser o palhaço e estou muito feliz com o resultado”, afirma.

A programação também envolveu as famílias dos estudantes. Álvaro e a esposa fizeram questão de assistir a apresentação da filha. “Estou muito feliz em participar dessa programação. Numa época em que as crianças têm contato cada vez mais cedo com o mundo de adultos, vê-las em contato com o lúdico do circo que remete e valoriza a infância delas, me deixa muito feliz. A escola está de parabéns.”, finalizou o pai.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta