Prefeito de Parauapebas recebeu mais de R$3 milhões em doações na última eleição

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

O Portal Canaã fez algumas consulta em dados públicos do governo federal através do TSE e Portal da Transparência. Os dados em questão foi do atual Prefeito da Cidade de Parauapebas, Valmir Queiroz Mariano – PSD, Identificamos através do Aplicativo Politica Aberta, grandes fortunas doadas ao candidato em período de eleições por pessoa jurídicas (empresas), chegando a marca de 2 milhões de reais.

O Aplicativo, busca mostrar de maneira didática os dados relacionados ao funcionamento da política brasileira referente a doações em período eleitoral. Em especial, o objetivo da divulgação é que o funcionamento do governo (e as influências externas sobre o governo) se tornem mais transparentes.

Através da análise do dados, o prefeito, popularmente chamado, Valmir da Integral recebeu a quantia de 3.181.624,50  em doações na última campanha/2012.

Veja abaixo o detalhamento dos valores:

2.048.300,00 de pessoas jurídicas
424.150,00 de pessoas físicas
13.500,00 de partido político
680.674,50 de outros candidatos/comitês
15.000,00 de recursos próprios

Empresas que mais Doaram:

INTEGRAL CONSTRUCOES E COMERCIO LTDA: R$ 966.700,00
GRAN PALATO COZINHA INDUSTRIAL LTDA – ME: R$ 775.000,00
METRAFORT TERRAPLENAGEM E CONSTRUCOES LTDA: R$ 120.000,00

Pessoas Físicas que mais doaram:

HAMILTON SILVA RIBEIRO: R$ 280.000,00
WALDENIR XAVIER DE OLIVEIRA: R$ 130.000,00

Nova Norma

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu neste mês (17/Setembro), por 8 votos a 3, declarar inconstitucionais normas que permitem a empresas doar para campanhas eleitorais.Com isso, perdem validade regras da atual legislação que permitem essas contribuições empresariais em eleições.

A decisão do STF não proíbe que pessoas físicas doem às campanhas. Pela lei, cada indivíduo pode contribuir com até 10% de seu rendimento no anterior ao pleito. Ao final da sessão, o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, afirmou que a decisão valerá já a partir das eleições de 2016 e não invalida eleições passadas.

Todos os dados são provenientes do Portal da Transparência e do Tribunal Superior Eleitoral.

Redação do Portal Canaã com Informações do Portal da Transparência e TSE.

Deixe uma resposta

Leia mais