Parauapebas chega à marca de mil pessoas recuperadas da Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Arquivo / Semsa

Uma excelente notícia: Parauapebas registrou nesta sexta-feira, 05, mil pessoas recuperadas da Covid-19, fruto do empenho e dedicação dos profissionais de saúde e também dos investimentos realizados pela prefeitura para enfrentar o novo coronavírus durante a pandemia. O número representa 26% dos casos confirmados de pessoas com o vírus, no município.

“Não temos medido esforços para ajudar nossa população nessa batalha.  Fizemos investimentos em equipamentos, entregamos o Hospital de Campanha em parceria com a Vale, ajustamos a nossa estrutura de saúde para atender os casos da doença e continuamos trabalhando incansavelmente para salvar vidas. Aproveito essa oportunidade para fazer um agradecimento especial a todos os profissionais de saúde pelo empenho e dedicação neste momento tão difícil”, assinala o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen.

Conforme o Boletim Epidemiológico desta sexta-feira, outras 2.729 pessoas que tiveram resultado positivo nos exames da Covid-19 seguem em isolamento domiciliar e sob monitoramento da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que trabalha para que o número de recuperados aumente cada vez mais.

“A gestão está cuidando de todos e se empenhando com os esforços necessários para garantir o atendimento médico a quem precisa. São realizados investimentos constantes em aquisição de insumos para atendimento médico digno”, afirma o secretário municipal de Saúde, Gilberto Laranjeira.

Estruturação da rede pública de saúde na pandemia

Além da entrega do Hospital de Campanha, a prefeitura estrutura, também em parceria com a Vale, uma ala exclusiva no antigo Hospital Municipal de Parauapebas (HMP), para atender casos mais graves da Covid-19. O local terá 40 leitos com estrutura de semi-UTI. A UPA também teve ajuste em sua estrutura, para realizar atendimento em área exclusiva para pacientes com suspeita da doença.

Cerca de 80% dos casos de Covid-19 são leves, e grande parte dos moderados procura a rede básica como primeiro acesso na busca de cuidados. De março até 26 de maio deste ano foram contabilizados 2.516 atendimentos de casos relacionados ao coronavírus em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), sendo 2.057 no mês de maio. A UBS Guanabara foi a que mais registrou atendimentos neste último mês: 414 no total.

Diante desse contexto, a Atenção Básica da Semsa adotou a estratégia de definir UBS polos para o atendimento exclusivo aos casos suspeitos ou confirmados da Covid-19. E tem direcionado os demais atendimentos como vacinação e consultas com idosos, hipertensos, crianças e gestantes para unidades de saúde de retaguarda, que não atendem casos do coronavírus.

As UBS polos são: Guanabara, Liberdade I, da Paz, Minérios e Jardim Canadá. Essas unidades foram escolhidas porque estão localizadas em bairros com grandes índices de contaminação pelo novo coronavírus. Para a tomada dessa decisão, foram avaliadas as estruturas desses postinhos, onde agora está centralizada a realização de teste rápido para Covid-19 e a dispensação de medicamentos para tratamento da doença.

Texto: Karine Gomes / Nívea Lima

Deixe uma resposta

+ Sobre