18/02/2021 04/03/2021

Livro retrata diversidade de animais da Amazônia na Flona de Carajás

Você sabia que a garra do terceiro dedo do tatu-canastra mede cerca de 20cm?
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
A publicação lançada pela Vale e ICMBio traz diversas curiosidades, fotos e ainda guia de pegadas

De tamanho microscópico a grandes. Alguns que vivem com pouco oxigênio, outros que adubam a terra ou que distribuem sementes. Bichos que andam, nadam, voam ou rastejam. Ou até dormem de cabeça para baixo. Ou até tem “duas cabeças”. É essa diversidade dos animais da Amazônia protegidos em unidades de conservação na região de Carajás que pode ser conferida no livro “Fauna da Floresta Nacional de Carajás (Serra Norte)”. Lançado pela Vale, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e a Sete Soluções e Tecnologia Ambiental, a publicação traz 1.478 registros de diferentes seres vivos que habitam a região.

Para o chefe do ICMBIO em Carajás, André Macedo, o livro vem contribuir com a difusão do conhecimento e com a conservação da região de Carajás. “Esta obra serve de incentivo para o aprimoramento do conhecimento científico sobre a fauna local e para o envolvimento da sociedade nos esforços de conservação”, diz Macedo.

A publicação é a segunda sobre fauna realizada pelo ICMBio e a Vale. A primeira foi lançada em 2012 e abordava os animais vertebrados da Floresta Nacional de Carajás (Flona). A nova publicação amplia o conhecimento, incluindo também invertebrados e faz parte dos levantamentos sobre a fauna silvestre realizados na área de estudo do das Minas de N1 e N2, que serão inicialmente utilizados para subsidiar o licenciamento ambiental do empreendimento minerário. Os estudos foram realizados ao longo de quase três anos (2018, 2019 e 2020) pela empresa de consultoria Brandt Meio Ambiente, entre pesquisas de campo e referências bibliográficas.

  Parauapebas vai ganhar nova ciclovia

O trabalho envolveu a dedicação de 15 biólogos especialistas no seu grupo faunístico de trabalho. O resultado é um livro com 135 páginas sobre os animais: seu nome (científico e popular), família, o habitat, tipo de alimentação, as características gerais e a distribuição geográfica. Além de um guia fotográfico, curiosidades e, ainda, um guia de pegadas de médios e grandes mamíferos. Quer saber mais? Confere no livro “Fauna da Floresta Nacional de Carajás (Serra Norte) no link.

O biólogo da Vale, Breno Elias conta a satisfação em participar da obra. “Como biólogo especialista em fauna é um grande orgulho, e realização pessoal, poder ter contribuído com a equipe que realizou os estudos que culminaram na produção deste livro. A edição materializa também o engajamento da Vale em promover a mineração aliada à conservação da biodiversidade da Flona Carajás, contribuindo com a sociedade civil, acadêmica e científica com uma obra de inestimável valor para a atual e as futuras gerações”

Deixe uma resposta

Leia mais