Escola é assaltada pela segunda vez em menos de seis meses, em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Reprodução/Sintepp
Foto: Reprodução/Sintepp

Desta vez a vítima foi uma professora que na ocasião se encontrava em sala de aula ministrando para a sua turminha de 1° ano. O assalto ocorrera por volta das 9:15 da manhã de hoje(10/02/2020). O meliante pulou o muro da escola e fora direto para a sala da professora exigindo o celular ameaçando atirar caso não lhe fosse entregue.

A questão é sabermos até quando o profissional da educação pública, além de ter que lidar com todas as adversidades da profissão (falta de material, falta de infraestrutura, salário defasado…), ainda temos que trabalhar sob ameaça de a qualquer momento ter uma arma apontada para as nossas cabeças dentro de nosso ambiente de trabalho.

A rica Parauapebas pobre que tanto recebe recursos e não vemos esse investimento sendo empregado de forma a priorizar a bem estar social com educação, segurança, saúde, lazer…tudo o que é garantido pela nossa constituição federal.

Estamos sendo violentados em nossas salas de aula quando nem a segurança esse (des)governo consegue garantir. Vamos refletir e buscar por mudanças, pois os gabinetes vivem cercados pelas forças policiais, mas as escolas…estas estão abandonadas a própria sorte.

Profª. Bruna Furtado. Coordª. Sintepp Parauapebas.

Veja também:  Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás terá serviço alterado

Uma resposta

Deixe uma resposta

+ Sobre