Presidente da Câmara recebe Plano de Turismo do polo Araguaia-Tocantins

Com informações da Câmara de Marabá

Imagem aérea da Praia do Pontão Foto/Reprodução Xinguara

O secretário de Turismo de Marabá, Ricardo Pugliese, veio à Câmara Municipal entregar ao presidente da Casa, Pedro Corrêa Lima, uma cópia do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável: PDTIS do Polo Araguaia Tocantins com ênfase nas ações de prioridade I.

O secretário municipal de Turismo, Ricardo Pugliese, observa que entre essas ações apontadas pelo Plano de Desenvolvimento está a sinalização turística da cidade para melhor orientar as pessoas que vêm de outras regiões e não conhecem Marabá. “O prefeito Tião Miranda já sinalizou, de forma positiva, para elaborarmos o termo de referência para contração de empresa para realizar esse serviço na cidade”, comemora Pugliese.

Ele observa que, assim como essa, outras ações de políticas públicas serão implementadas em breve no município, por meio de interação entre diversos setores. O secretário comemora a posse do Conselho de Turismo, realizada na semana passada, os primeiros dois anos do conselho serviram para que fossem aplicadas as políticas públicas e regulamentação exigidas. “Hoje temos um conselho com tudo que é exigido pelo Ministério do Turismo (MTur), para que a cidade possa participar das ações do Ministério com relação a captação de recurso, estrutura e recebimento de treinamento”, ressalta.

Presidente da Câmara recebe Plano de Turismo do polo Araguaia-Tocantins

Pugliese ressalta a importância do cadastro do município no Cadastur, sistema de cadastramento dos empreendimentos turísticos da cidade, uma exigência do MTur. “Quando o Ministério vai analisar a cidade, olha o Cadastur para ver a estrutura e, com isso, recebemos investimento do Fundo do Turismo e podemos participar de eventos e feiras que o governo federal venha a promover. Tudo isso só é possível, agora, graças ao Comtur e seu trabalho”, pontuou.

A prefeitura também está trabalhando com a Diretoria de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, que monitoram as ações e o impacto econômico dos eventos turísticos na cidade. “Vamos medir melhor o impacto do nosso veraneio, do Círio, do próprio Festejo Junino que tivemos recentemente. Além disso temos o polo universitário, polo de saúde. Temos um Centro de Convenções que atrai uma série de eventos. Um turismo de negócios bastante importante com a presença da Vale e outras empresas”, ressalta Pugliese.

Para o presidente Pedro Corrêa, o PDTIS do Polo Araguaia Tocantins vai ajudar não apenas o Poder Executivo, mas também o Legislativo, porque toda a expertise a que o secretário Ricardo Pugliese apontou, servirá para que os vereadores direcionem suas emendas impositivas para que a Prefeitura execute ações em prol deste segmento. “Também podemos levar essas demandas para deputados estaduais, federais e senadores do Pará, porque essas são ações importantes que ajudam a desenvolver o município e o Estado”, reconhece.

O Polo Araguaia Tocantins do Plano de Turismo envolve, também, os municípios de Tucuruí e Barcarena. O Plano possibilitará o aproveitamento e a valorização dos recursos naturais e culturais, de acordo com as características de cada território, de forma a incentivar a geração de emprego e renda e contribuir para um desenvolvimento sustentável.

Em Marabá, há 2.500 leitos de hospedagem, distribuídos por 42 hotéis. Além disso, existem mais de 1.500 apartamentos disponíveis na cidade. A infraestrutura de transporte, empregabilidade no setor de turismo, infraestrutura turística (orla, centro de convenções, praias, shopping etc.) contribuem para atrair turistas.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta