Prefeitura implanta projeto de Sinalização Turística em Marabá

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Secom / PMM

Com elevado potencial turístico na região de Integração de Carajás, Marabá desenvolve um grande projeto de sinalização e orientação conforme determina o Ministério do Turismo. Este projeto contempla a implantação de pórticos nas entradas e saídas rodoviárias, colocação de placas de sinalização, totens e placas indicativas aos monumentos e pontos turísticos no município.

As placas com indicação aos locais turísticos já estão sendo implantadas em vários pontos da cidade, como na Rodovia Transamazônica, Nova Marabá, Núcleo de São Félix e Marabá Pioneira. Agora, a Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), finaliza a colocação dos pórticos nas entradas da cidade.

“O nosso objetivo foi desenvolver um projeto dentro do que orienta o Ministério do Turismo melhorando a mobilidade e o deslocamento de pessoas, garantindo a eficiência na informação e a acessibilidade para que os usuários pudessem chegar aos destinos que eles pretendem sem nenhum problema. Para isso, estão sendo implantadas as placas de sinalização e já em fase final a colocação dos pórticos dentro dos padrões do Guia Brasileiro de Sinalização Turística”, explicou o secretário Ricardo Pugliese.

O Guia Brasileiro de Sinalização Turística propõe uma padronização de todos os itens de visualização nas placas e pórticos, como cores, sinais, letras, tarjas, entre outros. Marabá é a terceira cidade no Pará a implantar o projeto de sinalização turística. “É um projeto padrão do Ministério do Turismo e várias cidades turísticas devem implantar. Na região de Carajás, Marabá está sendo a pioneira deste projeto”, reitera o secretário.

O secretário ressalta ainda que Marabá é reconhecida pelo Mapa do Turismo Brasileiro, do Ministério do Turismo, como categoria B, em uma escala que vai de A a E. “Estamos em um grupo seleto de municípios brasileiros que atende os critérios para definir as políticas públicas para o turismo, ao mesmo tempo que cria instrumentos capazes de tomar decisões que favoreçam o desenvolvimento da economia e do turismo em nossa cidade”,pontuou Ricardo Pugliese.

De acordo com o Mapa do Turismo Brasileiro, a categoria A abrange 51 municípios incluindo as 27 capitais. Na categoria B são 167 municípios. Juntos os grupos A e B, representados por 218 municípios, respondem por 68% do fluxo doméstico brasileiro e 97% do internacional.

Texto: Victor Haôr

Deixe uma resposta

Leia mais