Em Marabá, mutirão garante vacinação contra Covid-19 a mais de 20 mil pessoas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
A vacinação da segunda dose no HMUE vai até amanhã Foto: Comunicação/HMUE

Alívio, felicidade, gratidão. São alguns dos sentimentos descritos por quem recebe a vacina para se proteger da Covid-19. Mas, a verdade é que é difícil descrever a sensação de estar imunizado ao novo coronavírus.

“Muito feliz, eu quase nem dormi ontem à noite ansiosa por este momento. Estou muito feliz”, disse a dona de casa de 50 anos, Maria da Luz Silva.

“Eu estou sentindo um alívio, agora é só esperar a segunda dose. Estava esperando muito por essa vacina, mas chegou o dia!”, relatou Cleidiane Silva, dona de casa.

Neste final de semana, o município iniciou a imunização da população sem comorbidades, cerca de 20 mil moradores, no Centro de Convenções Carajás. Neste sábado (19), estão sendo vacinadas as pessoas com mais de 50 anos e, no domingo (20), será a vez de pessoas com 45 anos ou mais. A iniciativa faz parte da estratégia do Governo do Estado de avançar na imunização da população paraense. Até o dia 18 de junho, Marabá havia aplicado 45.700 doses de vacina contra a Covid-19.

Dona Maria da Conceição Castro conseguiu se imunizar antes das 9 horas da manhã. “Muito grata, só gratidão a Deus por ter chegado até aqui. Já passamos por maus momentos, a gente fica emocionada pelos amigos que já se foram. A gente vê tantas pessoas que já se foram, pessoas que não puderem chegar até aqui. É uma dose de esperança, agradecer a Deus e parabenizar os nosso governantes, o Governo do Estado que está investindo muito no Pará e a Prefeitura, que também tem apoiado a nossa população”.

  Empresas buscam profissionais de diversas áreas em Marabá

Parceria

O governador do Estado, Helder Barbalho, visitou o Centro de Convenções, acompanhou a vacinação das pessoas que estavam no local e parabenizou o trabalho de todos.

“É um momento muito especial, momento de união, de estarmos todos juntos pela vida, protegendo o povo de Marabá, protegendo o povo do Pará. Estou muito feliz por esse mutirão que antecipa a vacinação e acelera para que possamos atender o maior número de pessoas chegando a 50 anos no sábado, e a 45 anos, no domingo. Avançando durante a semana, atualizando o calendário, a população tem pressa, e com a vacina vamos virar a página da pandemia, voltar à vida normal com saúde e proteção. Para isso, faço um apelo à população, se vacine! Parabéns à Prefeitura de Marabá pela organização e agradeço a parceria com o Governo do Estado para avançar na vacinação do povo marabaense”, disse o governador Helder Barbalho.

“Com a parceria do Estado, a gente avança bastante, chega aos 50 anos sem comorbidades, e amanhã, a partir dos 45 anos, e a gente fechando nosso calendário hoje e amanhã, a gente avalia baixar um pouco mais a idade no curso da próxima semana. Temos o compromisso do Governo do Estado de enviar mais doses para cá o quanto antes, e isso já melhora ainda mais a nossa faixa etária de vacinação aqui em Marabá”, lembrou o vice-prefeito, Luciano Dias.

“O governador tem sido muito presente, tem chamado todos para o combate a pandemia, já que se combate essa pandemia com vacinação. O governador está presente hoje aqui em Marabá, estamos fazendo esse mutirão com 27 mil doses extras que chegaram para que possamos avançar, o que demonstra a preocupação do governador com o povo paraense para que todos nós possamos nos vacinar”, ressaltou o secretário regional de Governo da região Sudeste do Pará, João Chamon.

  Empresas buscam profissionais de diversas áreas em Marabá

Quem trabalha na área da saúde também só tem a agradecer por poder exercer a profissão e contribuir com todos em um momento tão importante. “Eu acho gratificante trabalhar na área da saúde, sou técnica há 26 anos, e eu amo vacinar. Muitas vezes, quando vou aplicar a vacina, eu fico emocionada. Tem gente que chega aqui e chama a gente de anjo”, declarou Regina Moraes, técnica de enfermagem.

“Nós sabemos que a única esperança hoje é a vacina. Emoção por ter chegado até aqui, muitos não chegaram, não tiveram essa oportunidade e nós estamos tendo. Então, é só agradecer. Muito feliz”, agradeceu Ronaldo Silva, engenheiro civil, de 52 anos.

Mudança de bandeiramento 

Após a reunião do Comitê Técnico Científico, o Governo do Pará atualizou o bandeiramento do estado. A nova mudança afetou as regiões de Carajás e Araguaia. Desde sexta-feira (18), passa a valer a bandeira de coloração amarela, de risco intermediário, antes era a laranja, de risco médio.

O avanço da vacinação resultou na queda de 45% no número de óbitos de idosos acima de 70 anos, de acordo com estudo realizado pela Ufra.

Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

Deixe uma resposta

Leia mais