Kerley Carvalhedo é o novo imortal Academia de Letras do Sul e Sudeste Paraense – ALSSP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Raquel Oliveira

O escritor e cronista Kerley Carvalhedo foi empossado como novo imortal da Academia de Letras do Sul e Sudeste Paraensena Cadeira 27, no dia 30 de outubro, em solenidadepor meio virtual.  A eleição aconteceu em agosto do ano passado, que tem como patrono indicado o escritor e jornalista Carlos Heitor Cony. Em nome da ALSSP, o Presidente Jorge Washington T. Marque fez o discurso de recepção.

A diplomação emitida pela ALSSPaconteceu presencialmente no dia 9 de novembro por meio dasecretária de educação de Sinop/MT,Veridiana Paganotti, cidade onde atualmente reside o escritor. A entrega do diploma foi uma forma representar este importante momento simbólico.

Foto: Raquel Oliveira

Discurso de posse

Em seu discurso de posse, o Acadêmico Kerley Carvalhedo declarou: “A literatura são registros da memória humana, a escrita frutos da imaginação, frutos do silêncio e do amor, dos sussurros e dos segredos universais. Jamais teremos uma resposta segura para a existência dos homens e das suas criações no mundo”.

E encerrou: “O papel do escritor é continuar escrevendo sem trair a literatura, sobretudo saber que tais palavras hão de fazer bem a alguém ”.

Discurso de recepção

O presidente Jorge Washington afirmou em seu discurso de recepção:  “Kerley é um jovem rapaz, enquanto grande homem da área da comunicação, e sobretudo um grande cronista. É um momento de alegria para a academia e é uma alegria que, de acordo com as qualidades do ingressante, o novo acadêmico, será uma alegria continuada. Levar literatura para o Brasil é o nosso dever, É uma forma de resistência.”

  Renda Pará já beneficiou mais de 142 mil famílias de baixa renda em 117 municípios

O Acadêmico

Kerley Carvalhedo nasceu em Marabá, Pará, em 1991. Trabalhou em vários jornais como cronista, foi freelance em revistas nacionais e internacionais, tendo textos traduzidos no exterior. Atualmente escreve uma crônica quinzenal para o jornal DiárioRS e para o site O Segredo. Integra coletâneas em Brasil, Argentina, Chile, Espanha e Portugal.

Para ele, literatura pauta condutas, estabelece noções, revitaliza sonhos, acende a paixão, dá prazer, e faz viagem por mundos desconhecidos registrando a passagem na humanidade aqui na terra.

Obras Publicadas

  • Há tanto tempo que te amo (2010) contos e crônicas
  • é preciso (2012) crônicas
  • K Entre Nós (2018) crônicas

Premiações e reconhecimentos

 Menção honrosa pela Academia Virtual Internacional de Poesia, Arte e Filosofia

(AVIPAF), (Antologia) – Brasil –2014

Certificado de Mérito Literário pela Academia Virtual de Letras, Artes e Cultura

(Embaixada da Poesia). (Antologia) Brasil – 2017

Menção Honrosa pela Casa da Cultura João de Monlevade, Rio de Janeiro – Brasil – 2017

Menção Honrosa Academia Tucuruiense de Letras, Tucuruí, Pará – Brasil – 2017

Certificado Cultive, participação movimento pela paz, Genebra – Suíça – 2018

Menção HonrosaAcademia Paraense de Letras, Belém, Pará – Brasil – 2018

Medalha de Mérito CulturalPoetizar o Mundo, Curitiba – Brasil – 2018

  Renda Pará já beneficiou mais de 142 mil famílias de baixa renda em 117 municípios

Menção Honrosapelo Projeto Polén da Vida, São Paulo – Brasil – 2018

Moção de Aplausospela Câmara Municipal de Breu Branco – Brasil – 2018

Certificado de honra ao méritopor contribuição à literatura Brasileira – Brasil – 2018

Menção HonrosaPelo jornal Diário RS – Brasil – 2018

Diploma de Membro efetivo, imortal da Academia Tucuruiense de Letras. Brasil – 2019

Menção Honrosa Colégio Sophos – Brasil – 2019

Menção HonrosaPela Revista Cazemek – Brasil – 2018

Diploma de Membro efetivo, imortal da Academia de Letras do Sul e Sudeste Paraense. Brasil – 2020

 

 

Deixe uma resposta

Leia mais