Fábrica de produtos alimentícios que usa açaí como matéria-prima anuncia implantação no Pará em 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na segunda-feira, 9, os representantes da diretoria de Atração de Investimentos e Negócios da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) Manoel Ibiapina, Lorena Aguiar e Augusto Cesar Anunciação, receberam, na sede da entidade, em Belém, o empresário Sérgio Ricco, proprietário da empresa de produtos alimentícios Whaka, com sede em Barueri (SP), que produz atualmente 2.400 litros/hora de uma linha de sorvetes funcionais a partir do açaí e está implantando uma nova unidade da empresa no Pará, mais especificamente no distrito de Benfica, na Região Metropolitana de Belém (RMB).

Na reunião, o empresário informou que a implantação de sua nova unidade no território paraense, prevista para ser concluída no primeiro semestre de 2020, terá capacidade de produzir 2.000 litros/hora de produtos acabados, além de mais de 30 toneladas de matéria-prima/dia e capacidade de armazenamento para 2.000 toneladas de polpa de açaí destinadas a atender a demanda do Norte e Nordeste do país. Atualmente, a empresa já distribui produtos para grandes redes varejistas do Brasil.

Com capacidade de ampliação da nova fábrica, o empresário, que iniciou contato com a Codec graças às informações disponíveis no portal Invest Pará, recebeu, nesta segunda-feira, o atendimento inicial de aproximação com a gestão estadual, além de todas as informações sobre a política de incentivos fiscais do Pará direcionada à produção e verticalização do açaí.

Deixe uma resposta

+ Sobre