Deputado Wlad, do Pará, tatua nome de Temer no ombro: “Eu não sou hipócrita!”

“Temer é um trilhão de vezes melhor que vagabundos socialistas”, disse parlamentar

Um dos maiores defensores do presidente Michel Temer no Congresso Nacional, o deputado Wladimir Costa (SD-PA) apareceu nas redes sociais neste fim de semana revelando uma tatuagem na altura do ombro com o nome do peemedebista. Ao comentar a polêmica, o parlamentar disse: “Podem falar o que quiserem, não me ofendo, mas eu só digo uma coisa: eu não sou hipócrita!”.

”Cada um com os seus gostos e paixões, o nome do Temer é um trilhão de vezes melhor do que as imagens daqueles vagabundos falsos socialistas como: Che Guevara, Fidel Castro, Marighella, Lula, Dilma e outros monstros comunistas que só fazem a capa de democráticos (…) Outros Deputados comentam até mesmo comigo que são amigos do Temer, gostam dele e o admiram também, mas não podem se expor porque ele só está com 5% de aprovação. Acho isso muita hipocrisia, pois sou exatamente ao contrário, amigo meu pode está com zero na pesquisa, mas morro agarrado, parceiro é parceiro, fdp é fdp, amigo que esconde a cara na hora que o parceiro está na agonia ou numa guerra, amigo que se esconde ou fica em cima do muro é o pior dos covardes, prefiro ter apenas um amigo somente, mas que seja verdadeiro e não só na hora da fartura”, declarou.

Wladimir, que se diz “confiante na vitória do governo” na próxima quarta-feira, quando está prevista a votação sobre a denúncia, disse que pretende mostrar a tatuagem no plenário, após seu voto. “Até porque eu tenho um corpo belíssimo”, disse.

“Sou admirador nato (de Temer), sou amigo dele há quase 16 anos. Nesse momento, que tentam derrubar ele a qualquer custo, é minha forma de mostrar que parceiro que é parceiro derrama até a última gota de sangue”.

Ainda segundo o parlamentar, “a dor valeu a pena” e até planeja fazer uma próxima, dessa vez na costela. “Quero escrever ‘Temer, o único e verdadeiro estadista do Brasil’”. O parlamentar disse, ainda, que sua mulher se emocionou ao ver o resultado. “Ela é fã de Temer. É formada em Direito e é grande leitora dos livros do presidente. Mas, se ela quiser tatuar o nome dele, eu não deixo”.

O parlamentar disse que ainda não mostrou ao presidente sua homenagem. “Não fiz para ele, fiz para mim. Queria que a minha tatuagem fosse maior que a da Marcela (Temer, mulher do presidente, que tem uma tatuagem no pescoço com seu nome)”, afirmou.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta