Prefeitura de Belém prepara os cemitérios para Dia de Finados são esperadas cerca de 45 mil visitas

Foto: Oswaldo FortePrevious

A Prefeitura de Belém está há mais de duas semanas com equipes das secretarias municipais de Meio Ambiente (Semma), Saneamento (Sesan) e Urbanismo (Seurb) realizando um mutirão de limpeza nos cemitérios de Belém, voltado para o Dia de Finados, que transcorre no próximo sábado, dia 2.

Essa data concentra o maior contingente de visitantes nesses locais. Nos cemitérios administrados pela Seurb (Santa Izabel, São Jorge e Soledade) são esperadas cerca de 45 mil pessoas, neste fim de semana, sendo que, 30 mil, somente no Santa Izabel, no bairro do Guamá.

Nos cemitérios São Jorge (Marambaia) e Soledade (Batista Campos), o trabalho de roçagem no entorno das sepulturas, poda de vegetais e retirada de entulho e lixo já foram concluídos. Agora, os serviços seguem concentrados no Santa Izabel, na avenida José Bonifácio.

Funcionamento – Cerca de 270 agentes de limpeza da Sesan atuam nesses cemitérios e também no Tapanã, Icoaraci e Bengui, este que, que apesar de ser desativado, recebe visitantes. “A manutenção desses locais são feitas regularmente, com limpeza de bueiros, roçagem, tapa buracos, mas durante as datas em que os cemitérios recebem mais pessoas, nós intensificamos os serviços”, explicou o titular da Sesan, Cláudio Mercês.

No dia 2, as portas desses três cemitérios abrem às 6h e fecham às 17h. Quem quiser antecipar a visita, na sexta-feira, dia 31 de outubro, poderá ir das 8h às 17h, já no domingo, dia 3, das 8h às 13h. No cemitério de Santa Izabel, será celebrada a tradicional missa das 7 horas. No Dia de Finados, dia 2, o cemitério do Tapanã ficará aberto à visitação das 7h às 17h.

A diretora de Necrópoles da Seurb, Simone Aguiar, alerta sobre a responsabilidade da manutenção das sepulturas. “Os cuidados constantes em todas as sepulturas é um dever dos proprietários. À prefeitura cabe cuidar apenas do entorno delas. Em caso de violação, depredação ou exposição de restos mortais, os donos devem acionar a administração do cemitério para averiguação, colaborando, assim, com a organização dos cemitérios”, ressalta a diretora.

Segurança – A Guarda Municipal de Belém (GMB) elaborou um planejamento operacional que vai atuar nos principais cemitérios de Belém. A ação se inicia na sexta-feira, 1º, e segue até o sábado, 2, com um efetivo de 182  homens por dia, divididos em dois turnos , por meio de viaturas e moto patrulhamento.

No cemitério de Santa Izabel, o maior da cidade, a GMB vai atuar em dois turnos com efetivo de 33 guardas por dia e por turno. Já no cemitério São Jorge, considerado o segundo maior em demanda de público, a GMB disponibilizará 24 homens por turno. No cemitério do Tapanã, 15 guardas farão a segurança dos visitantes nos turnos da manhã e à tarde; no cemitério de Santa Izabel, em Icoaraci, a GMB irá atuar com um total de 11 guardas.  A Guarda também irá realizar rondas nos cemitérios da Soledade e São José, no bairro do Benguí.

A segurança na área interna dos cemitérios será garantida pelo efetivo da GMB e na área externa a ação será realizada pela Polícia Militar, com apoio de equipes da Guarda.

Trânsito – Para o Dia de Finados, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) montou um esquema especial com bloqueios e desvios de trânsito e transporte no entorno dos principais cemitérios da capital.

A ação tem por objetivo garantir a segurança e a fluidez do trânsito, reduzir conflitos entre veículos e pedestres, e assegurar maior conforto aos visitantes. Dez agentes de trânsito, em cinco viaturas, estarão distribuídos entre os cemitérios Santa Izabel, São Jorge e Tapanã.

No São Jorge e Tapanã, os agentes irão auxiliar os motoristas e visitantes dos cemitérios para garantir maior fluidez no trânsito. Já no cemitério de Santa Izabel, onde há maior movimentação, algumas vias serão fechadas, como avenida José Bonifácio com a rua Paes de Souza; travessa Castelo Branco com rua Caripunas e avenida José Bonifácio com rua dos Caripunas. Em virtude, a partir das 6h desta sexta, as linhas de ônibus que operam no trecho interditado também terão os itinerários alterados.

Comércio – A Secretaria Municipal de Economia (Secon) atuará nos cemitérios de Santa Isabel, no Guamá; São Jorge (Bengui) e do Tapanã, com o objetivo de ordenar as vendas informais e garantir o livre acesso dos pedestres na entrada das necrópoles.

Ação – O Departamento de Vigilância em Saúde (Devs), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), vai aproveitar a movimentação nos principais cemitérios da cidade para realizar ação educativa, no período de 31 de outubro a 1º de novembro. Os cemitérios Santa Izabel, no Guamá; São Jorge, na Marambaia; do Tapanã, e de Icoaraci são pontos estratégicos da ação para o controle de vetores como o mosquito Aedes aegypti.

Os cemitérios, geralmente, concentram grande quantidade de criadouros como vasos, floreiras, lajes, castiçais, além de jazigos abandonados com acúmulo de mato, poças d’água e resíduos sólidos. O objetivo da ação é orientar os visitantes para a manutenção dos túmulos, a fim de reduzir o índice de infestação do mosquito transmissor dos vírus da dengue, zika e chikungunya nesses locais e no entorno.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta