Itinerários de ônibus de Belém serão alterados para procissões do Círio de Nazaré

Foto: Alessandra Serrão-NID/comus

Para a realização das procissões do Círio de Nazaré, haverá a interdição de trânsito ao longo das vias utilizadas no trajeto das romarias e demais transversais para garantir a segurança de romeiros, turistas e da população em geral. A operação contará com a atuação da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), Guarda Municipal (GMB) e demais órgãos ligados à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

As recomendações principais são para que motoristas evitem as áreas das manifestações religiosas, principalmente no centro da cidade. “O importante é se planejar e buscar rotas alternativas. O trânsito no centro da cidade estará bastante complicado e a dica é sempre evitar a área. Quem puder optar pelo transporte público ou outro tipo de locomoção pode ganhar tempo, já que o estacionamento nessas áreas vai estar proibido”, destacou o diretor de trânsito da SeMOB, Marcos Chagas.

Já os trajetos das linhas de ônibus que operam ao longo das vias interditadas serão alterados da seguinte forma:

Traslado da Imagem para Ananindeua

Na sexta-feira, dia 11 de outubro, a partir das 6 horas, o cruzamento da avenida Generalíssimo Deodoro com a avenida Nazaré será interditado para o traslado da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré para Ananindeua. O trajeto seguirá pelas avenidas Magalhães Barata, Almirante Barroso e rodovia BR-316. As alterações estarão em vigor até o término da romaria.

As linhas de ônibus que operam pelas avenidas Nazaré ou Magalhães Barata terão os itinerários alterados para a avenida Gentil Bittencourt e seguirão destino pela avenida José Bonifácio ou travessa Castelo Branco. As linhas Pedreira – Nazaré, Estação Marex – Felipe Patroni e Sacramenta – Nazaré seguirão pela Gentil Bittencourt, em seguida travessa Quintino Bocaiúva, rua Boaventura da Silva, travessa 14 de Março, a destino.

 

Auto do Círio

Ainda na noite da sexta-feira, 11, durante o Auto do Círio, as vias de acesso ao bairro da Cidade Velha serão interditadas a partir das 18 horas, tais como a travessa Dom Bosco, entre as ruas Siqueira Mendes e Dr. Assis; rua Padre Champagnat, entre Dr. Assis e avenida Portugal; rua Tomázia Perdigão, entre Padre Champagnat e travessa Félix Roque; Félix Roque, entre avenida Portugal e rua Tomázia Perdigão; e rua Coronel Fontoura, entre as ruas João Diogo e Félix Roque.

Os ônibus que fazem linha nas ruas do cortejo serão desviados. No sentido Bairro/Centro, as linhas UFPA – Centro Histórico e Jardim Sideral – Praça Dom Pedro II, que vêm pela travessa Padre Eutíquio, deverão seguir pela rua João Diogo, depois avenida 16 de Novembro e continuar pelo percurso normal da linha.

As linhas Arsenal, Pedreira Lomas (BR-316), Cremação II – Alcindo Cacela e Ceasa farão o trajeto avenida Marechal Hermes, avenida Castilhos França, avenida Portugal, avenida 16 de Novembro, rua de Óbidos, rua do Arsenal, a destino.

Já as linhas Marex – Arsenal e Marex – Felipe Patroni seguirão da rua de Óbidos para a travessa de Breves, avenida Almirante Tamandaré, rua Gama Abreu, a destino. A linha UFPA – Ver-o-Peso seguirá direto pela avenida 16 de Novembro, a destino.

A linha seletiva Castanheira – Pátio Belém, no sentido Centro/Bairro, fará pela travessa Padre Eutíquio, rua 13 de Maio, avenida Presidente Vargas, avenida Nazaré, avenida Magalhães Barata, a destino.

 

Romaria Rodoviária e Motorromaria

Na manhã de sábado, dia 12 de outubro, a partir das 5 horas, o trajeto da Romaria Rodoviária se inicia na igreja Matriz de Ananindeua, seguindo pela rodovia BR-316, avenida Augusto Montenegro, rua 8 de Setembro, travessa Lopo de Castro até o trapiche de Icoaraci, onde tem início o Círio Fluvial. Uma faixa de rolamento da avenida Augusto Montenegro será invertida do sentido Icoaraci/Entroncamento para o sentido Entroncamento/Icoaraci, de acordo com o deslocamento da romaria.

Após o Círio Fluvial, quando a romaria chegar à escadinha da Estação das Docas, na praça Pedro Teixeira, terá início a Motorromaria, com saída da escadinha pela Presidente Vargas e avenidas Nazaré e Magalhães Barata, até o Colégio Gentil Bittencourt. As ruas próximas ao percurso serão interditadas a partir das 6 horas.

O percurso das linhas de ônibus que operam via avenida Governador José Malcher ou Senador Lemos, em direção à avenida Visconde de Souza Franco, com ponto de retorno na Presidente Vargas ou Ver-o-Peso será:

Sentido Bairro/Centro:

Avenida Visconde de Souza Franco, rua Belém, rua Municipalidade, contra fluxo na avenida Castilhos França e avenida Portugal.

As linhas que passam pela avenida Governador José Malcher em direção à avenida Assis de Vasconcelos farão o mesmo percurso a partir da rua Municipalidade.

Sentido Centro/Bairro:

Avenida 16 de Novembro, avenida Conselheiro Furtado, avenida Roberto Camelier, rua dos Tamoios, rua Presidente Pernambuco, avenida Gentil Bittencourt, travessa 14 de Abril e de lá seguir viagem pelas avenidas Magalhães Barata ou Governador José Malcher, travessa Nove de Janeiro, rua João Balbi, Visconde de Souza Franco, a destino, de acordo com o itinerário.

 

Trasladação e Círio

Na tarde de sábado, dia 12 de outubro, a partir de 14 horas, para a Trasladação, e no domingo, dia 13, para o Círio de Nazaré, haverá a interdição de várias vias que compõem o trajeto das procissões, como as avenidas Magalhães Barata (em frente ao colégio Gentil Bittencourt), Nazaré, Presidente Vargas, Marechal Hermes, Boulevard Castilhos França, Portugal, rua Padre Champagnat, praça Frei Caetano Brandão, até a igreja da Sé, no bairro da Cidade Velha, entre outras.

Durante o bloqueio das vias, as linhas que operam via avenida Governador José Malcher e Assis de Vasconcelos farão o seguinte trajeto: avenida Governador José Malcher, travessa Nove de Janeiro, rua João Balbi, avenida Visconde de Souza Franco, rua Municipalidade, travessa Dom Pedro I, avenida Generalíssimo Deodoro, rua Boaventura da Silva, avenida Alcindo Cacela e avenida Magalhães Barata, a destino.

As linhas que operam via avenidas Governador José Malcher e Visconde de Souza Franco farão o trajeto avenida Visconde de Souza Franco, rua Diogo Móia, travessa Dom Pedro I, avenida Generalíssimo Deodoro, rua Boaventura da Silva, avenida Alcindo Cacela, seguindo deste ponto pelas avenidas Magalhães Barata ou Gentil Bittencourt, dependendo da rota.

As linhas que operam via Senador Lemos e Visconde de Souza Franco, com ponto de retorno na avenida Presidente Vargas ou Ver-o-Peso farão o trajeto: avenida Senador Lemos, Visconde de Souza Franco e rua Jerônimo Pimentel, a destino.

Já os ônibus que vêm pela avenida Pedro Álvares Cabral deverão fazer retorno pela avenida Visconde de Souza Franco, seguir pela rua Municipalidade, até seu destino.

As linhas que operam pela rua João Diogo deverão seguir pela avenida 16 de Novembro, passando pela travessa Conselheiro Furtado, Roberto Camelier, rua dos Tamoios, rua Presidente Pernambuco, avenida Gentil Bittencourt, travessa 14 de Abril, avenidas Governador José Malcher e Visconde de Souza Franco, rua Jerônimo Pimentel, rua Municipalidade ou avenida Pedro Álvares Cabral, a destino.

Interdições:

Durante as interdições da Trasladação e da Grande Procissão do Círio, o acesso para essas vias citadas será liberado apenas para os moradores do local, com apresentação do documento de Trânsito Livre emitido pela SeMOB. O órgão montou um posto de atendimento no Centro Social de Nazaré, localizado junto à Basílica Santuário. O documento é opcional aos moradores, pois comprovantes como contas de luz, água e telefone continuam valendo para serem apresentados nos bloqueios, porém os voluntários que distribuirão água aos romeiros deverão estar munidos da documentação para ter acesso à via escolhida.

O posto da SeMOB no Centro Social de Nazaré funcionará até o dia 11 de outubro, sempre de segunda à sexta, das 8h às 16h. Outra mudança deste ano se dará no acesso aos hotéis localizados no trajeto do Círio. Em acordo com todos os estabelecimentos, ficou determinado que, nos períodos de fechamento das transversais, os hotéis disponibilizarão funcionários que ficarão nos pontos de interdição.

São esses funcionários que, de posse da lista de hóspedes atualizada, permitirão, junto às autoridades responsáveis pelos respectivos fechamentos, que táxis, veículos de transporte por aplicativo ou carros de aluguel tenham acesso às transversais para desembarque dos hóspedes ou adentrem nos estacionamentos dos referidos estabelecimentos.

“O Trânsito Livre agiliza o acesso, porque deve ser colocado no painel do veículo e já é visto à distância pelos responsáveis do bloqueio. Mas quem optar por portar um documento do imóvel também poderá passar, só que terá que se submeter à checagem do responsável pelo bloqueio, que dependendo do ponto poderá ser da SeMOB, Guarda Municipal, Detran, Polícia Militar ou outro”, informa Marcos Chagas.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta