Em Belém: Comitiva alemã reafirma interesse na preservação da Amazônia

Foto: ascom/ SEMAS

Representantes da Alemanha que estão no Brasil conheceram neste sábado (2) as instalações do Centro Integrado de Monitoramento Ambiental (Cimam), da Secretária de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), em Belém. O titular da Semas, Mauro O’de Almeida, recebeu a comitiva internacional formada pelo congressista federal alemão Omid Nouripour; o 1º Secretário da Embaixada para o Meio Ambiente, Lutz Morgenstern, e o cônsul honorário da Alemanha, Paul M. Steffen. Segundo Mauro O’de Almeida, foi uma oportunidade de somar esforços na busca por investidores internacionais para projetos na Amazônia.

“O parlamentar se comprometeu, a partir desse encontro, a levar até a Alemanha informações e articulações voltadas ao nosso meio ambiente. O que é de extrema importância para que a gente consiga sucesso nos nossos objetivos”, disse o secretário.

A comitiva internacional conheceu o monitoramento da floresta amazônica paraense, realizado por satélites, apresentado por Andréa Coelho, diretora de Fiscalização da Semas e coordenadora do Cimam. Além da tecnologia de alta resolução utilizada para a proteção da floresta, o processo de mapeamento das ações integradas da Semas para fiscalização e identificação de possíveis irregularidades ambientais foi um dos principais temas abordados durante o encontro.

Com trajetória política voltada a ações da agenda ambiental, o parlamentar alemão Omid Nouripour explicou como a comunidade internacional tem uma atenção especial com o ecossistema brasileiro. “Nós respeitamos a soberania do Brasil. O que tem aqui no País é do povo brasileiro. Mesmo assim, acreditamos que é importante ter a cooperação de todos que acreditam na importância do meio ambiente. Para nós, todos têm que ajudar a proteger esse recurso, que é bom para o mundo”, frisou o congressista.

Desenvolvimento sustentável – O governador do Pará, Helder Barbalho, e outras autoridades estaduais, estiveram na última quinta-feira (31) reunidos em Berlim, capital alemã, com representantes do Ministério do Meio Ambiente do País. A continuidade dos investimentos internacionais para a garantia da preservação da Amazônia, priorizando o desenvolvimento sustentável e o bem-estar da população, foi a pauta central do diálogo.

Duas importantes iniciativas de combate ao desmatamento ilegal e de promoção do desenvolvimento sustentável no Pará recebem recursos internacionais com a participação do governo alemão. São os projetos Municípios Verdes e Paisagens Insustentáveis.

O acordo de comparação financeira com o banco alemão KFW, firmado este ano, garantiu ao Pará 12,5 milhões de euros em investimentos para a redução do desmatamento, por meio de ações para o fortalecimento do licenciamento, monitoramento e fiscalização, capacitação de servidores e restruturação de cinco núcleos regionais no interior do Estado, o que deve potencializar as ações ambientais no território paraense.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta